COMUNIDADES QUILOMBOLAS FAZEM PROTESTO EM FRENTE AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA

Integrantes de comunidades quilombolas estão concentrados em frente ao Tribunal de Justiça do Maranhão, no Centro, na manhã desta quarta-feira (7), para protestar contra o Acórdão do Tribunal que, segundo eles, desconsidera o conjunto de provas contra os fazendeiros acusados de serem os mandantes do assassinato de Flaviano Pinto Neto, liderança do quilombo Charco, em São Vicente Ferrer.

Os quilombolas não aceitam a retirada do processo dos mandantes do assassinato da liderança e afirmam que a luta dele permanece. “Este foi talvez o trabalho mais bem realizado de investigação criminal por parte da polícia em relação a esse tipo de ocorrência, no entanto todo esse trabalho, que constitui um robusto conjunto de provas, foi completamente desconsiderado pela Justiça do Maranhão”, indigna-se Diogo Cabral, advogado da Comissão Pastoral da Terra, CPT/Maranhão que acompanha o caso.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *