PADRE REBATE INFORMAÇÕES DA SEMED SOBRE CONDIÇÕES DA ESCOLA DO CARNAUBAL

Situação da escola denunciada pelo padre Olivan

O padre Olivan Reis, natural da cidade de São João Batista e pároco do município de Cajapió, denunciou hoje em sua rede social a atual situação da escola ‘Nossa Senhora da Paz’, localizada no povoado Carnaubal, zona rural do nosso município. O sacerdote cobrou ações urgentes das nossas autoridades municipais.

“Não menos diferente e infelizmente, nós joaninos convivemos com realidade semelhante no que se refere a estrutura física de escolas em nosso município. Faltam elementos essenciais , que possam atender a requisitos básicos para termos uma educação digna. Aqui em São João Batista, pude constatar um verdadeiro descaso público na escola Nossa Senhora da Paz, localizada no povoado Carnaubal”, disse.

O Blog Folha de SJB entrará em contato com a Secretaria Municipal de Educação de São João Batista para saber se há planejamento para a construção da referida escola, que apesar de serem feitas grandes reformas em escolas da sede, alguns colégios da zona rural demandam interferências urgentes da Prefeitura Municipal.

ESCLARECIMENTO DA SEMED

A Secretaria Municipal de Educação de São João Batista entrou em contato com o Blog Folha de SJB para esclarecer as denúncias do padre Olivan Reis, como está na matéria acima. De acordo com o secretário Aguiar Santos, a escola não funciona mais neste espaço denunciado pelo padre.

Aguiar afirmou que realmente a escola já funcionou lá, mas que devido as condições teve que alugar um outro espaço adequado para os alunos e que na verdade nem da escola são as fotos postadas pelo pároco. A Semed informou ainda que está com um projeto impetrado no MEC, buscando a construção da escola daquele povoado para atender as necessidades da classe estudantil.

NOTA DO PADRE OLIVAN

Li uma nota no blog do Jailson Mendes, em que a Semed do município de São João Batista,tenta esclarecer a minha postagem de ontem nesta rede social. Quero informar que hora alguma menti sobre a escola do povoado Carnaúbal, de onde sou natural, estevi lá no dia 07/09 do ocorrido ano e pude ver o estado da escola e ouvi relatos de moradores a respeito da real situação. Hoje, após ler a referida nota da Semed, retornei ao Carnaúbal e puder constatar e presenciar uma realidade ainda mais triste do que outrora relatei. Primeiramente a escola nem prédio tem ,por que a décadas a capela do povoado servia como prédio escolar.

Em segundo ,a escola está funcionando sim na dita casa alugada, na qual os vencimentos do aluguel nunca foram pagos, não existe esse outro espaço como afirmado na nota. Para minha angústia maior pude constar a precariedade que a merenda escolar está sendo feita, pois por falta de estrutura na escola( casa), a merenda e feita na casa da zeladora, e por falta de gás e fogão, é feita no fogão a lenha, o filtro da escola não existe as velas para que a água torne-se adequada para beber.

A merenda direcionada a escola tinha as sardinhas, mais para que pudessem ser preparada a zeladora, a professora e os alunos tiveram que fazer a contribuição do arroz. No momento deixo mais fotografias que comprovam a veracidade dos fatos. Passei hoje amanhã toda no Carnaúbal, pois ouvi conversas de que uma equipe da secretaria iriam se dirigir ao povoado, talvez na intenção de maquiar a realidade. Como não apareceu ninguém retornei para casa. Espero que vereadores e Ministério Público, tomem providência.

Folha de SJB

8 respostas para “PADRE REBATE INFORMAÇÕES DA SEMED SOBRE CONDIÇÕES DA ESCOLA DO CARNAUBAL”

  1. Mesmo assim, os poucos alunos que tem por lá, e os moradores merecem respeito, e se faz necessário e urgente uma escola digna. Essa cobrança precisar ser feita, antes de quaisquer outras pessoas, pelos pais e professores que trabalham nesse ambiente.

  2. esse secretario de educação e um puxa saco do prefeito, vejamos que esse tal de Amarildo pinheiro, ainda tem coragem de pedir voto nesse povoado, olha que e mais um povoado que vai dar a ele o desprezo.

  3. ooo secretario de educação carudo essa aguiar.e a turma dela que mora aqui em sao luis ganhando sem trabalhar tenho certeza que estudam so em escolas de primeira.

  4. amigos eleitores de são João Batista, nos acompanhamos os descasos da educação de nosso município, por parte desse prefeito Amarildo Pinheiro, escolas abandonada sem condições de oferecer um ensino de qualidade para nossos alunos, alunos e alunas que serão o futuro de nossa cidade, por outro lado não devemos cobrar de um gesto e um secretario incompetentes, porem eles não tem nem um interesse em oferecer uma escola de qualidades, por ei tratar de uma zona rural, sendo estes alunos filho de pescadores e vaqueiros, porem os filhos mesmo estudam em escolas particulares

  5. herança, maldita de ZEQUINHA, EDUARDO DOMINICI, SURAMA, e agora cai em cima do AMARILDO, a varias décadas de governo a governo, a educação aos filhos dos moradores de todos os povoados dos campos, sempre foram tratados assim, e o resultado de tudo isso, é a exclusão social, na vida desses alunos. só gostaria que o prefeito atual mudasse essa historia e desse mas um pouco de oportunidade na vida desses alunos.

  6. parabéns, padre pela iniciativa, vc deveria também ter feito essa denuncia em governos passados, infelizmente é o pais chamado Brasil, o Brasil da corrupção e da falta de impunidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *