FEIRA TECNOLÓGICA DE OVINOS E CAPRINOS É REALIZADA EM SÃO JOÃO BATISTA

A quarta edição da Feira Tecnológica de Ovinos e Caprinos, realizada no período de 14 a 16 de agosto na cidade de São João Batista, reuniu criadores de diversos municípios da Baixada Maranhense, numa promoção da Associação dos Produtores e Produtoras de Ovinos e Caprinos de São João Batista (APPOC), em parceria com o Sebrae Maranhão e a Prefeitura Municipal de São João Batista. Além dos joaninos, produtores de Bequimão, Central do Maranhão, Itapecuru-Mirim e Mirinzal estiveram presentes, expondo animais e participando de oficinas técnicas oferecidas pelo Sebrae.

O evento também ofereceu oficinas técnicas, apresentação e comercialização de animais, shows culturais e o tradicional concurso Laço do Bode, que reuniu diversas pessoas no antigo ‘Essencial’. Os produtores participantes tiveram a oportunidade de fazer um intercâmbio de conhecimentos e tiveram contato direto com a experiência e a tecnologia desenvolvida na região através do projeto Sebrae Maranhão no Território da Cidadania da Baixada Ocidental, que tem como propósito introduzir inovações tecnológicas, gerenciais e comerciais na cadeia produtiva da ovinocaprinocultura.

Durante a abertura do evento, o chefe de gabinete da prefeitura, Zé de Beija, disse que a atividade vem se destacando a cada dia na região, especialmente através das ações de capacitação promovidas pelo Sebrae, tornando a Baixada em referência na ovinocaprinocultura do Estado, e que os produtores podem contar com o apoio do Governo Municipal para alavancar ainda mais o trabalho e destacou a associação belo trabalho. Além dele, fizeram uso da palavra o vereador e criador Mecinho; o vice-presidente da associação, Professor Ivanilson; o representante da Agerp, Múcio; a gerente regional do Sebrae, Rosa Amélia, entre outros.

Durante toda a feira, teve compra de animais, laço de bode, desfiles, shows dançantes e venda de comidas típicas, além de oficinas de culinária voltada para a atividade e a presença do médico veterinário Claudio Felipe, que realizou orientação sobre procedimentos sanitários com os animais expostos. De acordo com as informações do Sebrae, em São João Batista, existem mais de 50 micro-empreendedores individuais cadastrados no Sebrae e no Portal do Empreendedor. Para a gerente regional, Rosa Améilia, esses empreendedores tem que receber auxílio continuadamente.

A unidade regional do Sebrae Maranhão em Pinheiro, que atende municípios da Baixada Maranhense, informa que este modelo de evento está sendo apoiado pela instituição há mais anos e anunciou uma novidade aos produtores da nossa cidade. “O apoio do Sebrae na atividade deu novos rumos aos produtores, viabilizando o aumento do rebanho, o melhoramento genético dos animais e, consequentemente, o aumento da renda do pequeno criador. E por isso, quero anunciar que o Sebrae já conseguiu o apoio financeiro para a construção da sede própria da associação de São João Batista e com isso, aumentar ainda mais esse ramo que vem dando certo aqui na baixada”, destacou Rosa Amélia Borges, gerente da regional.

Segundo o diretor superintendente do Sebrae no Maranhão, João Martins, apoiar cadeias produtivas como a de ovinocaprinocultura é uma das estratégias para dar suporte aos micro e pequenos negócios no Maranhão. “Os arranjos produtivos locais são uma das fórmulas que desenvolvemos para trabalhar o desenvolvimento de pequenos negócios. A baixada maranhense tem vocação para a ovinocaprinocultura e estamos reforçando o esforço feito neste território para desenvolver esta cadeia produtiva”, afirmou.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *