OPERÁRIO MORTO EM OBRA DA CAEMA ERA DA CIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA

No início da tarde desta terça-feira, um funcionário de uma empresa terceirizada que prestava serviço para a Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema) morreu soterrado em uma obra no bairro da Areinha, em São Luís. Ronivaldo Gomes era natural de São João Batista e viveu sua infância no povoado Santana, e era filho de Zé de Malaquias e de Dona Onezir, ambos já falecidos.

Local do acidente

Ronivaldo Gomes Costa estava colocando dutos de esgoto quando o asfalto deslizou. A vítima morreu no local do acidente e o corpo foi removido por uma equipe do Instituto Médico Legal (IML). O Instituto de Criminalística do Maranhão (Icrim) informou que irá investigar se a causa da morte de Ronivaldo foi o soterramento ou uma pancada na cabeça no momento da queda.

Em nota, a Caema informou que o operário trabalhava para a empresa ARTEC que é responsável pelas obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário de São Luís. A empresa responsável pelos serviços esclareceu à Caema que todos os seus empregados estavam utilizando equipamentos de proteção individual (EPIs), inclusive o trabalhador vitimado.

Foi informado ainda que a empresa ARTEC, com o acompanhamento da Caema, irá prestar toda a assistência aos familiares da vítima. O enterro dele aconteceu ontem, 15 de julho, no cemitério do povoado Santana.

Folha de SJB

Uma resposta para “OPERÁRIO MORTO EM OBRA DA CAEMA ERA DA CIDADE DE SÃO JOÃO BATISTA”

  1. ERA UMA PESSOA MUITO FELIZ E BONDOSA, SAUDADES ETERNA Q DEUS CUIDE DE VC AGORA RONIVALDO.
    E DOS SEUS FILHOS QUE DEUS PROTEJA ELES.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *