AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL CONTINUA PRESTANDO PÉSSIMOS SERVIÇOS NA CIDADE

Mesmo com as constantes reclamações de clientes e da mídia local, a agência do Banco do Brasil de São João Batista continua a prestar péssimos serviços aos clientes. Além das quase que diárias faltas de dinheiro, filas e péssimo atendimento, outro problema agravou mais a situação.

De acordo com as informações passadas ao Blog Folha de SJB, a agência está retendo a liberação de dinheiro de funcionários da Prefeitura Municipal e está liberando aos poucos as remessas enviadas pelo Governo Municipal, sob o motivo de que não pode colocar dinheiros nas contas de uma vez por falta de dinheiro nos caixas.

Segundo o que o blog colheu, a Prefeitura Municipal enviou nesta semana para o banco uma remessa de mais de um milhão de reais para pagar todos os funcionários antes do carnaval, e até agora o banco ainda não liberou de todos. Está efetuando aos poucos para as contas dos funcionários.

O motivo dado pela gerência seria que a agência não dispõe desse dinheiro nos terminais. Porém quem não pode ser prejudicado é o correntista que mantém sua conta no Banco do Brasil de São João Batista, que é alvo constantemente de denúncias.

A situação piorou ainda mais com a mudança de gerência, que antes era Cesar Neto. O Blog Folha de SJB entrará em contato com a agência para falar sobre o assunto.

Folha de SJB

3 respostas para “AGÊNCIA DO BANCO DO BRASIL CONTINUA PRESTANDO PÉSSIMOS SERVIÇOS NA CIDADE”

  1. É unânime de todos que é péssimo o atendimento dos funcionários da Agência do Banco do Brasil de São João Batista. Não resolvem o que tem de resolver; não dão nenhuma devolutiva do que lhes são perguntados. Antes até por telefone se resolvia as coisas, agora não! Vamos fazer chegar até a superintendência o mal tratamento e a incompetência da atual gerência.

  2. se o banco me contratar posso prestar meus serviços ,moro em são luis e já estou no 5ºperiodo de contabiliade ,mas não sei como faço,se eles estão recebendo curriculum.queria saber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *