ESTUDANTE NATURAL DE SÃO JOÃO BATISTA FECHA REDAÇÃO DO ENEM COM 920 PONTOS

Evyla Santos / Foto: Facebook

Mais uma vez a cidade de São João Batista está sendo destaque no cenário estadual nas notas divulgadas pelo Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Uma estudante natural da nossa cidade e que terminou seu Ensino Fundamental e Médio no município quase fechou a redação do Enem 2014.

Se trata da estudante de Direito Evyla Araújo, filha da professora Eunice Cristina e de Júnior de Quidinho, ambos moradores de São João Batista. A jovem obteve 920 pontos na Redação do Enem, considerada, na última edição, de alta dificuldade por parte dos especialista. Esta mesma nota foi conseguida pela também joanina, Natália Vaz, em 2013, e jornais de todo o estado destacaram a notícia publicada aqui no Blog Folha de SJB.

Em conversa com o blog, Evyla, disse que sempre estudou em São João Batista e concluiu seu Ensino Fundamental e Médio em nossa cidade, na Rede Pública Municipal e Estadual. “Já faço um curso de direito no Ceuma e sou bolsista pelo ProUni. Ano passado ganhei meia bolsa com a nota do enem e agora, com esta nova nota, pretendo ganhar a integral também pelo ProUni”, disse Evyla ao titular do blog.

Em sua página de relacionamento pessoal, a estudante comemorou a nota e recebeu parabéns de colegas, familiares e professores. “Em momentos como este é que lembro dos pedidos que fazia a Deus, quando pedia que cada lagrima derramada se convertesse em alegria. Obrigado Deus, a você filha, essa é apenas o inicio de sua trajetória”, disse sua mãe, também pela rede social.

“Parabéns Evinha, você é merecedora desse galardão, sempre foi excelente aluna e o Senhor honra aqueles que merecem sua honra, parabéns também a sua mãe sei o quanto ela luta pelas conquistas das filhas não só no campo educacional. Parabéns também aos professores das escolas Ateniense e Acrísio Figueiredo onde você estudou este resultado mostra mais uma vez que quando o aluno é determinado não importa se a escola é pública ou privada, dedicação é a chave do sucesso”, disse a diretora do Acrísio, Ana Lúcia Moreno.

REDAÇÃO DO ENEM

Dos 6,2 milhões de candidatos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, 529.374 estudantes tiraram zero na redação. Apenas 250 candidatos tiveram avaliação máxima, nota 1.000. O número de redações com zero representa 8,5% dos participantes da prova. Sendo que dessas, 248.471 foram anuladas.

“Há muitos motivos para a anulação da redação. As pessoas devem falar sobre determinado tema e muitos escolhem outros assuntos para escrever. Alguns copiam o texto motivados”, comentou Francisco Soares, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais em coletiva na tarde desta terça-feira (13).

Nota da redação da jovem foi de 920 pontos

Outras razões para nota zero na redação é o uso de impropérios no texto ou redações com menos de sete linhas. A maioria dos estudantes tiveram notas entre 300 e 600 na redação. Mais de 1,1 milhão de candidatos tiveram notas entre 301 e 400. Outros 1,16 milhão obtiveram notas de 401 a 500. E 1,5 milhão de alunos conseguiram notas de 501 a 600 pontos. Dentre os concluintes do ensino médio, a nota média foi de 470,8 pontos em redação. O resultado é 9,7% menor que o de 2013, quando a média era de 521,2 pontos.

Folha de SJB

3 respostas para “ESTUDANTE NATURAL DE SÃO JOÃO BATISTA FECHA REDAÇÃO DO ENEM COM 920 PONTOS”

  1. Parabéns querida Evyla! Que você possa servir de mais um exemplo bom para nossos alunos. Que eles possam acreditar que esse “bicho de sete cabeças” que é a redação pode ser superado através da atenção nas aulas e de muitas leituras!

  2. Mais uma ex-estudante joanina provando que, quando o aluno tem força de vontade, objetivos definidos e determinação, é possível superar obstáculos. Parabéns a Évyla Araújo pela nota alcançada na redação do ENEM. Não há nada mais gratificante para uma mãe do que perceber que todas as suas lutas e sacrifícios travados em prol dos filhos tenham valido a pena e estejam dando bons resultados. Sucesso é o que desejo a você, Évyla. Parabéns mais uma vez e que, como disse o professor Marcos, seu exemplo seja seguido por outros alunos joaninos, os quais enfrentaram as mesmas dificuldades que você já enfrentou nas escolas públicas de São João Batista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *