VIGILÂNCIA SANITÁRIA, AGED E POLÍCIA FECHAM MATADOURO CLANDESTINO EM SÃO JOÃO BATISTA

Uma ação conjunta da Vigilância Sanitária, Agência de Defesa Agropecuária do Maranhão (Aged), e a Polícia Militar fechou um matadouro clandestino em São João Batista. A operação foi realizada nesta manhã, 13 de janeiro, na Fazenda São José, de propriedade do senhor Lenilson de Jesus Cutrim.

O fazendeiro tinha em funcionamento um matadouro clandestino no povoado São José, na zona rural da cidade. Coordenada pelo chefe da Vigilância Sanitária da cidade, Sergio Vale, e pela representante de inspeção da Aged, Ana Claudia, a ação interditou o matadouro por apresentar irregularidades e condições impróprias para a produção de carne bovino no município.

De acordo com o coordenador da Vigilância Sanitária o matadouro foi fechado devido a falta do RT (Responsável Técnico), falta de inspeção e sem logística, e não estava, portanto, em conformidade com a legislação vigente. Por ser reincidente, o matadouro foi lacrado e não poderá ser aberto até que o dono se regularize.

Ainda segundo a Vigilância Sanitária, se o proprietário, Lenilson Cutrim, continuar matando e comercializando carne no matadouro clandestino o caso deve pará no Ministério Público com pedido de medida cautelar. Além do órgão fiscalizador e da Aged, dois policiais da Policia Militar de São João Batista participaram da ação.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *