MORRE ESPOSA DE JOANINO VÍTIMA DE BALA DENTRO DE SUA CASA, EM SÃO LUIS

Luciana Serra / Foto: Facebook

Morreu na madrugada deste domingo, em São Luis, mais uma pessoa daqui de São João Batista. Desta vez a vítima de bandidos foi uma evangélica que recebeu um tiro por engano em sua própria casa. De acordo com as informações colhidas pelo Blog Folha de SJB, o caso aconteceu em novembro do ano passado e a mulher foi morta por engano.

Luciana Serra, que morava no Maiobão, na região metropolitana de São Luis, e recebeu um tiro de bandidos ao abrir a porta da sua casa depois de uma mulher, supostamente criminosa, ter invadido sua casa. Ao perceber a invasão, Luciana teria saído para ver o que estava acontecendo e recebeu um tiro dos bandidos.

Os criminosos estavam atrás da mulher que tinha entrado na sua casa e atiraram, supostamente por engano, a senhora Luciana Serra, que morava com o filho do músico Guel, Renato Serra, que também é músico e tem carreira na capital do estado do Maranhão. Luciana teria nascido em Teresina e também tem familiares la.

Desde novembro Luciana Serra estava em coma num hospital de São Luis e veio a falecer ontem de madrugada, deixando filhos e seu esposo. Em sua página pessoal, tanto Luciana como Renato, receberam mensagens de amigos se solidarizando pela morte trágica da evangélica.

“Na madrugada do dia 11/01/2015, mais precisamente às 00:20 horas Papai do Céu chamou a amada irmã em Cristo Luciana, para fazer morada na Mansão Celestial… irrefutavelmente, ser tomada por esta notícia não foi e não é nada fácil,afinal de contas,trata-se de uma jovem mãe e,sobretudo, uma mulher de Deus, que,ao longo da sua trajetória aqui na terra,deixou um grande legado,pois tinha um caráter ilibado e sua vida era alicerçada em princípios que faziam e,de fato,fazem toda diferença na vida do ser humano: Uma vida pautada no amor de Deus”, disse Shirlene Serra Caldas em sua página.

“A tristeza calou a nossa voz, tristeza esta causada pela maldade humana. Não existem palavras que possam confortar um coração ferido, as lágrimas funcionam como alívio momentâneo, o consolo vem do Senhor. Renato sua parte se foi deixando saudades que nem o tempo vai apagar. Que Deus o conforte”, disse o administrador da página SJ Batista Maranhão, também no Facebook.

Renato Serra, Luciana e suas filhas / Foto: Facebook

As mensagens também partiram de todos os joaninos, que pela rede social Whatsapp, deixaram várias mensagens de solidariedade e amizade. Confiram AQUI e AQUI as mensagens deixadas por parentes e amigos ao seu esposo, Renato Serra.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *