AMARILDO PINHEIRO ASSINA HOJE EM BRASÍLIA CONVÊNIO SOBRE ‘CIDADES DIGITAIS’

O prefeito de São João Batista, Amarildo Pinheiro, está em Brasília, onde assina, às 14h30m desta terça-feira,dia 19, um convênio sobre o projeto Cidades Digitais no Ministério das Comunicações, com a presença do ministro Paulo Bernardo Silva. O chefe do executivo informou, em conversa com o Blog Folha de SJB, que o município terá torres ampliando o sinal de internet inclusive para a zona rural, beneficiando um grande número de comunidades da zona rural.
Prefeito Amarildo durante a Marcha dos Prefeitos em Brasília
O Programa Cidades Digitais tem o objetivo de modernizar a gestão e o acesso aos serviços públicos nos municípios brasileiros. Para isso, atua na construção de redes de fibras ópticas que possibilitem a conexão entre os órgãos públicos, o acesso da população a serviços de governo eletrônico e a espaços de uso de internet. O projeto inclui a implantação de aplicativos de e-gov nas áreas financeira, de tributação, educação e saúde, bem como a capacitação dos servidores municipais para o uso e gestão da rede.

Outra ação é a oferta de pontos de acesso à internet para uso livre e gratuito em espaços públicos de grande circulação, como praças, bibliotecas, secretarias e espaços como o Fórum da Juventude. As cidades que recebem essa estrutura são selecionadas por meio de edital. Em 2012, o Ministério das Comunicações abriu a primeira seleção para o projeto-piloto do programa, em que 80 municípios foram contemplados. Em 2013, o Cidades Digitais foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal, o que assegurou um reforço de R$ 100 milhões no orçamento de 2013. 


A cidade de São João Batista é uma destas que foi selecionada. Nesta segunda etapa, puderam se inscrever cidades de até 50 mil habitantes, distantes até 50 km do backbone (rede principal) da Telebrás ou que tenham compromisso firmado com operadoras privadas para conexão à internet. O projeto conta, entre outros, com a parceria do Ministério do Planejamento, da Telebras, do Inmetro e do BNDES.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *