COLUNA DO JERSAN: ROSEANA PASSA POR MOMENTOS DELICADOS

Jersan Araújo
O parecer do procurador Roberto Gurgel, favorável à cassação dos mandatos da governadora Roseana Sarney e do seu vice Washington Luís, por abuso de poder econômico nas eleições de 2010, no processo que lhes move o ex-governador José Reinaldo Tavares, os coloca na “linha de pênalti” com poucas chances de reverter à situação. É que por muito menos o TSE casou o mandato do ex-governador Jackson Lago (de saudosa memória), em 2009. Roseana naquela época renunciou à sua cadeira no Senado Federal e assumiu o lugar de Jackson e foi reeleita no primeiro turno, em 2010, com apenas 0,08% de vantagens sobre seus dois opositores: Lago e Flávio Dino. 

O procurador Gurgel procrastinou o que pode para emitir o seu parecer e foi muito cobrado pelos advogados de Zé Reinaldo, Rodrigo Lago e Rubens Pereira Júnior a tomar a iniciativa de desengavetar o processo que dentro de poucos dias – espera-se – será julgado pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral.
Preocupada com o pai, senador José Sarney, que continua internado no hospital Sírio Libanês – SP,a governadora Roseana Sarney passa por momentos delicados, porque terá de acompanhar de perto o desdobramento dessa causa que poderá resultar na cassação do seu mandato, exatamente agora que o pai mais precisa dela e de toda a família. Que ninguém se vanglorie, mas, é bom lembrar, que o processo movido por ela contra Jackson não deixou de contribuir para o agravamento do seu estado de saúde e o conseqüente falecimento. 

O Maranhão aparece no cenário nacional e mundial como um estado que “envergonha o Brasil”, como dissera o deputado e ex-secretário de Segurança Pública, Raimundo Cutrim, da tribuna da Assembléia Legislativa, na última quarta – feira. Pode-se ir além e dizer que “o Brasil envergonha o Brasil” considerando-se as ocorrências vergonhosas mesmo, registradas no país em todos os âmbitos no que tange à corrupção, de um modo especial. 

Concretizada a esperança da Oposição que torce pela cassação de Roseana por abuso de poder político e econômico e juntando-se a isso o Baixo Índice de Desenvolvimento Humano – IDH – no estado; educação de péssima qualidade, o sistema de saúde frágil, a segurança pública impotente para conter a violência e as denúncias de corrupção levam os maranhenses a se sentirem desprezíveis e enganados na sua boa fé por políticos e governantes. 

E por falar em Fé, recomenda-se à governadora que priorize na “sua fé e esperança” em Deus e rogue pela recuperação da saúde do seu pai, senador José Sarney e aproveite para pedir perdão pelas demissões de servidores capazes, porém, ligados familiarmente a supostos adversários e que recomende ao irmão Fernando que também demitiu funcionários com o arroubo que lhe é peculiar, ao ser incentivado por fuxicos de um suposto amigo dele que, também, adote essa postura. As queixas são muitas e as retaliações praticadas por eles são inúmeras. 

Portanto, mesmo que seja capaz de livrar-se desse processo o momento porque está passando é suficiente para pedir perdão ao Poderoso, arrepender-se das maldades cometidas e entender, de uma vez por todas que “aqui se faz, aqui se paga”. A lição serve para outros políticos arrogantes e prepotentes que quando estão no poder se colocam acima do bem e do mal como se estivessem “com o rei na barriga”. Tudo passa e a vida segue!… 

DISPUTA DE BASTIDORES

Diante da possibilidade de Roseana ser cassada e com ela o vice Washington Oliveira, assumiria o Governo do Estado, o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Arnaldo Melo, que teria 30 dias para promover eleição indireta e eleger o sucessor que poderia ser ele próprio ou outro cidadão com direitos civis e políticos em dia e em ordem. 

Mas é claro que os deputados estaduais aos quais está a responsabilidade de eleger o próximo governador (uma vez confirmada a cassação da atual governadora e do seu vice), vão escolher um membro do poder legislativo. Na bolsa de apostas surgem os nomes de Arnaldo Melo e o de Max Barros (presidente e vice- presidente da Casa). Ambos são do PMDB de Roseana e Zé Sarney, porém, Max teria a preferência do grupo oligárquico, mas, não esqueçam: na chefia do Poder Executivo e comandante da sucessão, Arnaldo Melo ganha tutano suficiente para se tornar definitivamente o sucessor de Roseana até o final do mandato, ou seja, em 2014, quando haverá eleição, podendo ele disputá-la com o desejo de ser reeleito. 

O certo é que antes mesmo do processo de cassação de Roseana ser julgado pelo plenário do TSE, mas, como a possibilidade dela ser cassada é muito grande, a disputa pelo cargo já é observada nos bastidores da Assembléia Legislativa e Arnaldo Mello, tudo indica, tem a preferência dos deputados da oposição. 

DUTRA NA DÚVIDA

A eleição para a nova diretoria do PT maranhense será no dia 10 de novembro, mas, a inscrição de chapas só poderá ser feita até nesta segunda-feira. Se até novembro a governadora Roseana e o vice Washington tiverem seus mandatos cassados, de acordo com o previsto, ganhará força a facção que defende o fim da aliança com o PMDB e a possível coligação com o PCdoB de Flávio Dino. Nesse caso, o deputado Domingos Dutra que já anunciou publicamente, lamentando, o seu desligamento do PT que ele ajudou a fundar no Maranhão, voltaria atrás? Acontece que o prazo para Dutra sair do PT e se filiar ao partido de Marina Silva, por exemplo, termina no início de outubro, antes, portanto, da disputa pela direção do PT, marcada para 10 de novembro.

Para não correr o risco de poder ser candidato, Dutra vive um dilema porque ainda não está seguramente convicto de que o partido (Rede) de Marina se viabilize para participar das eleições do próximo ano. E ele (Dutra) é importante e indispensável no processo político da atualidade, com previsão de profundas mudanças, pelas quais ele sempre lutou.

DIA DOS PAIS

Hoje o Dia é dos Pais. A mim, particularmente, permanece a saudade e a conformação de não poder abraçá-lo. Ele está com Deus. A todos os pais, indistintamente, aos que sofrem pelos filhos, aos que são felizes com os filhos, aos pobres e aos ricos, negros e brancos, a coluna deseja que o amor, a compreensão e a paz reinem em todos os lares neste Dia e para sempre, Amém. Fonte: Blog do Jersan.

Folha de SJB

2 respostas para “COLUNA DO JERSAN: ROSEANA PASSA POR MOMENTOS DELICADOS”

  1. Parabéns ao Jersan Araújo pelos comentários, a derrota dessa familia esta chegando e o Zé tem que está vivo para ter essa amarga derrota assim como nosso Jakson teve. A mudança está chegando e o Maranhão vai experimentar um novo tempo.

  2. Os políticos corruptos (o que hoje é quase redundância falar isso) deveriam lembrar que dinheiro e poder são coisas transitórias e, quando forem prestar contas com o Criador, não poderão usar de nada disso para safarem-se de um julgamento justo. Tenho até pena deles!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *