ESPOSA E FILHA DE FUNCONÁRIO PÚBLICO É MANTIDA REFÉM DURANTE ASSALTO NO BAIRRIPAULO VI


A esposa e filha do funcionário Público Municipal, professor Kennedy foram mantida na mira de uma faca na tarde desta terça-feira (25) por volta das 18 horas no bairro Paulo VI/ São João Batista-MA.
O elemento vulgo Jonnes, estava trabalhando em um lava-jato da cidade, quando resolveu fazer uma parada na tarde de terça. O acusado passava enfrente a residência do professor onde funciona um estabelecimento comercial aproximou anunciando um assalto. No momento estava apenas a esposa do professor e sua filha, as duas foram levada a outro compartimento da casa, sendo que a esposa foi agredida com panadas de faca para informar onde se encontrava o dinheiro ou objeto de valor.

Em poucos minutos o proprietário da casa chegou e a casada ao elemento começou, já que as características repassada pela vitima foi fundamental para a identificação do acusado. 

Antes de dar inciou a perseguição ao elemento, o professor procurou a policia civil e militar e nem uma das duas tinha viatura a disposição no momento.

Com informações precisas sobre o elemento, o professor e seus familiares saíram a caçada do mesmo que se encontrava escondido em uma residência no campo de bola, sendo apreendido pelos familiares da vitima que o conduziram a delegacia e o mesmo já está a disposição da justiça.  

Fonte: sjb em foco

10 respostas para “ESPOSA E FILHA DE FUNCONÁRIO PÚBLICO É MANTIDA REFÉM DURANTE ASSALTO NO BAIRRIPAULO VI”

  1. São João Batista é uma cidade pequena pra que esse tipo de violência aconteça em nossos lares. Pense VC chegar em sua casa após um dia de trabalho ardor encontrar a sua esposa chorando após ter sido ameaçada e espancada por um cidadão desse tipo e sua filha de cinco anos aflita porque presenciou a sua mãe ter sido espancada e ameaçada com um facão em seu pescoço. Como será que está essa família? E essa criança que não consegue tirar essa cena da cabeça, inclusive, conta para seus coleguinhas de escola. Será q essa criança e não ficará com trauma?. E se fosse com a sua mãe, sua irmã ou sua esposa e filha? Nobre comentarista não seja DEMAGOGO!

  2. Acho que o acontecido não é caso de família é caso de ladrão violento e perigoso pra ter coragem de cometer um tipo de assalto desse em São João Batista envadi uma residencia praticamente de dia de cara limpa, assalta, bate na mulher e ameasa matar criança isso foi terrivel

  3. caros anônimos ninguém está tirando a culpa do acusado, o que não é correto é os irmãos, primos, sogro, sobrinho e cunhado sairem todos de armas em punho atirando sem controle.
    cadê a justiça que não procura saber a origem dessas armas que foram usadas nessa cassada como intitularam essa falta de humanidade.
    ainda tenham a coragem de estarem a frente das celebrações da igreja.
    CADÊ A COMISSÃO DE DIREITOS HUMANOS DE CAMARA DE VEREADORES DE SÃO JOÃO BATISTA que não se manifesta contra esses torturadores.

    1. João se coloque no lugar dos familiares, o que vc faria se fosse na sua família? Pimenta nos olhos dos outros não arte de caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *