COMEÇA HOJE VACINAÇÃO CONTRA INFLUENZA EM SÃO JOÃO BATISTA



Secretário Carlos Figueiredo
“Quem lembra da vacina se protege da gripe”. É com esse slogan que começa na segunda-feira (15) em São João Batista e em todo o Maranhão, a campanha de vacinação contra o vírus influenza. A campanha – que vai até o dia 26 de abril – é feita pelo Ministério da Saúde (MS) em parceria com a Secretaria de Saúde do Maranhão (SES) e a Prefeitura de São João Batista, através da Secretaria Municipal de Saúde, comandada por Carlos Figueiredo.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Carlos Figueiredo, a campanha tem caráter nacional e a meta estipulada pelo Ministério da Saúde (MS) para o Maranhão é de imunizar 1.163.335 pessoas. Para tanto, o MS disponibilizará para o Estado 1.273.860 doses. Serão disponibilizados 240 postos de vacinação.

“A vacinação será em todas as unidades básicas de saúde de São João Batista, Sede, Olinda dos Aranhas, Conceição, Santana, Santa Rita, Olha D’água dos Bodes, Enseada dos Bezerros e no Hospital Municipal. Serão vacinados crianças de seis meses e menores de dois anos, idosos acima de 60 anos, gestantes, puérperas até 45 dias e portadores de doenças crônicas”, explicou o secretário.

No sábado (20), Dia Nacional da Mobilização, a vacina será ofertada em postos instalados em locais de grande concentração de pessoas e também em postos volantes em todo o Estado. A meta do Ministério da Saúde é vacinar, em todo o Brasil, mais de 31 milhões de pessoas. A vacina já está disponível no Hospital Municipal e nos postos de saúde dos povoados.

A novidade da campanha é a inclusão no grupo prioritário da vacinação, de doentes crônicos – que precisam apresentar receita médica para vacinação – e mulheres com até 45 dias após o parto. Também integram o grupo prioritário crianças de seis meses a dois anos, gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, indígenas, população carcerária e profissionais da saúde. Durante todo o período da campanha, a vacina contra influenza estará disponível nas unidades de saúde do SUS, das 8h às 17h.

De acordo com o secretário-adjunto de Vigilância em Saúde do Maranhão, Alberto Carneiro, a expectativa em relação à campanha é das melhores. “Como o público foi ampliado e agora abrange doentes crônicos, esperamos que eles tenham consciência de sua vulnerabilidade e compareçam aos postos”, disse.

Especialistas indicam que a vacina contra a influenza reduz complicações, internações e mortes provocadas por infecções da gripe. No entanto, em casos de doenças febris agudas, moderadas ou graves é recomendado que se aguarde até que o quadro se resolva. Pessoas com história de alergia a ovo que apresentam apenas urticária após a exposição podem receber a vacina mediante adoção de medidas de segurança.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *