ARMANDO PACHECO LAMENTA MORTE DO INVESTIGADOR HENRIQUE

O ex-comandante da Polícia Civil de São João Batista e atual delegado do município de Colinas, Armando Pacheco, lamentou a morte do investigador de polícia, Henrique Garcia, morto no último dia 16 de fevereiro, onde três suspeitos assassinaram o policial em São Luis. Henrique ainda trabalhou com o delegado aqui em São João Batista.
Henrique Garcia e o delegado Armando Pacheco
Armando Pacheco, que é um dos melhores delegados do Maranhão e o melhor que passou nesta cidade, enviou um comentário ao Blog Agência de Comunicação de São João Batista, onde lamenta a morte do policial e diz que ainda tentou a transferência dele para o município de Colinas, onde Pacheco atua como delegado daquele município até hoje.

O delegado classificou como uma grande perda para a Polícia Civil. “Grande perda para a polícia, principalmente de São João Batista. Excelente profissional, honesto, destemido, não aceitava ingerência política e sempre foi comprometido com o trabalho. Não abria pra ninguém e talvez esse tenha sido o seu erro naquele fatídico acontecimento”, disse o delegado Armando.

Pacheco afirmou que por sua capacidade tentou a transferência do investigador para o município de Colinas, mas teve seu pedido negado pelo superintendente de polícia do interior. “Certa vez, quando São João Batista estava sem delegado, pedi ao Superintendente do Interior que transferisse Henrique para Colinas/MA, onde trabalho atualmente, então ele me disse: ‘Rapaz, quem segura aquela cidade é Henrique, não tem como eu tirá-lo de lá’, lembrou Pacheco.

No final, o delegado lamenta e diz que a imprensa local e os cidadãos de bem daqui de São João Batista não deram a devida importância à memória do policial. Os três suspeitos de estarem envolvidos no crime que vitimou o policial já estão presos em São Luis.


Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *