USUÁRIOS DE SÃO JOÃO BATISTA JÁ PODEM FAZER CHAMADAS GRATUITAS NOS ORELHÕES DA CIDADE

O joanino já pode fazer chamadas locais para telefones fixos gratuitamente, sem precisar de cartões nos telefones públicos de responsabilidade da operadora Oi. A medida começou a valer ontem como punição aplicada pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) à empresa por não cumprir a meta de manter funcionando e revitalizar pelo menos 90% da planta de telefones de uso público (TUPs) e garantir a densidade de quatro TUPs para cada mil habitantes, como prevê o decreto nº 7.512 de 2011. 


Enquanto a operadora não atingir essas metas, as ligações efetuadas a partir de orelhões serão gratuitas. O benefício será encerrado se as metas de revitalização e operacionalidade dos telefones públicos forem atingidas antes de 30 de outubro e se as metas de adequação da densidade também estiverem superadas até 31 de dezembro. 

Ontem, no primeiro dia de validade das ligações gratuitas, muitos usuários ainda desconheciam o benefício, mas aprovaram a novidade, que torna o telefone público realmente útil. A reportagem do SJBemFOCO visitou alguns telefones públicos nesta manhã de quarta-feira (05) efetuando testes de chamada. Os orelhões que já pode ser feito chamadas gratuitas são: 

Telefone localizado no hospital.
Enfrente ao sacolão do Tuca. 
Antiga Delegacia. 
Enfrente ao comércio de Dona Edna, ( Quidinho ).
Aparelhos localizado dentro do estabelecimento da Gardecon e na Rua Ulisses Araújo, próximo a residência de Xavier. 

O aparelho na praça da Matriz, enfrente a agência dos correios não está liberado, já o telefone na Av. Getúlio Vargas próximo a Farmácia de  Adó, apresenta defeito e o aparelho que fica nas proximidades do Hotel da Sra. Lúcia encontra-se com uma carrada de terra enfrente do orelhão, não permitindo o acesso do usuário. Com informações do Blog SJB em Foco.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB

Uma resposta para “USUÁRIOS DE SÃO JOÃO BATISTA JÁ PODEM FAZER CHAMADAS GRATUITAS NOS ORELHÕES DA CIDADE”

  1. Orelhões? Eles ainda existem? Nossa, é verdade. Chega a ser hilário isso em tempos de celular funcionando mal e com apenas uma operadora cobrindo a cidade. Parece um contra-senso, não é mesmo? E viva a falta de comunicação!
    Pronto, falei!
    Márcia Valéria Pinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *