JUSTIÇA ELEITORAL INDEFERE CANDIDATURA DE EDVILSON MOTA E ADÓ DINIZ

A Justiça Eleitoral de São João Batista acaba de indeferir as candidaturas de Adó Diniz e do vereador Edvilson Mota. A informação acaba de ser publicada no site do Tribunal Superior Eleitoral do Brasil. Mas o candidato do PMDB já recorreu da decisão.

No caso de Edvilson Mota, ex-presidente da Câmara de Vereadores de São João Batista, foi indeferida por não reunir as condições necessárias para o registro de sua candidatura. Isso aconteceu por que o atual vereador teve seu registro impugnado pelo Ministério Público por ter suas prestações de contas julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.
Mas no caso de Adó Diniz, a situação é diferente. O juiz Alexandre Almeida indeferiu a candidatura do ex-vereador pelo mesmo motivo. Mas Adó interpôs recurso e deve aguardar julgamento por instâncias superiores. De acordo com o Sistema DivulgaCand, Adó não atendeu as condições necessárias para o deferimento do registro.
Adó teve seu pedido de registro julgado não regular e interpôs recurso contra a decisão do juiz eleitoral e vai aguardar um outro julgamento. Neste caso, ele continua na briga até que seu recurso seja julgado e se até hoje continua disputando as eleições. Já Edvilson Mota desistiu de sua candidatura, por isso não apresentou recurso.
Blog do Jailson

3 respostas para “JUSTIÇA ELEITORAL INDEFERE CANDIDATURA DE EDVILSON MOTA E ADÓ DINIZ”

  1. MAS ADÓ SERÁ CANDIDATO, FALTA APENAS ELE ENTREGAR UNS DOCUMENTOS, JÁ ED. MOTA NÃO VAI MESMO, NÃO ENTOROU COM RECURSO E COM ISSO QUEM PERDE É SURAMA QUE O LEVOU PENSANDO QUE SERIA CANDIDATO, SE ACABOU

  2. MAS ADÓ SERÁ CANDIDATO, FALTA APENAS ELE ENTREGAR UNS DOCUMENTOS, JÁ ED. MOTA NÃO VAI MESMO, NÃO ENTOROU COM RECURSO E COM ISSO QUEM PERDE É SURAMA QUE O LEVOU PENSANDO QUE SERIA CANDIDATO, SE ACABOU

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *