EDVILSON MOTA E ADÓ TEM REGISTROS DE CANDIDATURA IMPUGNADOS

O vereador Edvilson  Mota e o ex-vereador Adó tiveram seus registros impugnados pelo Tribunal Superior Eleitoral. De todos os candidatos da cidade de São João Batista, apenas estes estão ainda com registros impugnados. A informação foi extraída do site do órgão.
De acordo com as informações do Tribunal Superior Eleitoral, o vereador Edvilson Mota teve sua candidatura impugnada no ato da inscrição e o motivo pode ter sido as desaprovações de suas contas quando foi presidente da Câmara de Vereadores de São João Batista.
O candidato é filiado no Partido Comunista do Brasil, da coligação “União pra Valer”, que comporta as Legendas Partidárias de apoio ao bioquímico Amarildo Pinheiro. Mas neste caso, Edvilson Mota selou união com a atual prefeita e candidata a reeleição, Surama Soares.
Quem também teve seu registro impugnado foi o ex-vereador Adó (PMDB). Também de acordo com as informações do TSE, divulgadas ontem a noite, Cláudio Sergio Penha Diniz, conhecido como Adó, teve o registro de candidatura impugnado por desaprovações de contas quando era presidente da Câmara de Vereadores.
Adó é do grupo do candidato a prefeito Carlos Figueiredo (PMDB). Mas neste caso, Adó foi esperto e a sua esposa, Maria do Socorro Costa Diniz, conhecida apenas como Socorro, registrou sua candidatura a vereadora no Partido dos Trabalhadores, que está todo dividido.
O Tribunal Superior Eleitoral esclarece que em todos os casos cabe recurso. Até hoje, o site do TSE apresenta que ambos podem recorrer da decisão. Dos vereadores que concorrem a reeleição, apenas o vereador Edvilson Mota teve seu registro impugnado.
Blog do Jailson

5 respostas para “EDVILSON MOTA E ADÓ TEM REGISTROS DE CANDIDATURA IMPUGNADOS”

  1. fiquei sabendo que edivilson que ele colocou o seu irmão, junior, que ninguem sabe quem é, tá pior que o vice de surama, que niguem nunca viu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *