Linielda assina acordo com o Sebrae para levar educação empreendedora aos estudantes de Matinha

A prefeita de Matinha, Linielda de Eldo, esteve ontem em São Luis assinando um acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para levar educação empreendedora para as escolas da Rede Municipal de Ensino.

Na oportunidade, ela assinou o termo de adesão ao JEEP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos), que leva educação empreendedora aos estudantes de 1º ao 9º ano do Ensino Fundamental, e deve ser executado através da Secretaria Municipal de Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação, comandada pela professora Zilda Cantanhede.

O objetivo do programa, segundo o Sebrae, é disseminar a cultura empreendedora e orientar para o plano de negócios, de maneira a estimular os comportamentos empreendedores entre crianças e adolescentes, incentivando-os à prática do empreendedorismo e o protagonismo juvenil.

A metodologia do programa está estruturada em nove cursos, um para cada ano do Ensino Fundamental. Os alunos são instigados a desenvolver o comportamento empreendedor, promover a ecossustentabilidade, ética e cidadania, cultura da inovação e cooperação, e o plano de negócio.

JEPP

Na ocasião, pelo menos 16 prefeituras maranhenses assinaram um termo de adesão simbólico para participar do projeto Jovens Empreendedores Primeiro Passos (JEPP), voltado para alunos do 1ª a 9ª Séria do Ensino Fundamental. No entanto, segundo a coordenadora do Programa Nacional de Educação Empreendedora, Raíssa Amaral, outras prefeituras e instituições de ensino da rede privada também poderão assinar o documento na hora do evento.

O projeto faz parte do Programa Nacional de Educação Empreendedora desenvolvido pelo Sebrae no Maranhão desde 2015. No período, mais de 42,2 mil estudantes já participaram da iniciativa e mais de 1 mil professores de 107 instituições de ensino maranhenses foram capacitados nas metodologias do projeto JEPP.

Blog do Jailson Mendes

Com chuvas, situação de estradas vicinais começam a preocupar moradores da Baixada Maranhense

Moradores de diversas cidades da Baixada Maranhense começaram a se preocupar com as péssimas condições das estradas vicinais, que pioram com as chuvas que já estão chegando com mais frequência na região.

A situação é a mesma de vários anos, impossibilitando o trânsito e o escoamento de produtos, além de impedir a passagem de veículos escolares. A situação é complicado nas cidades de São João Batista, São Vicente, Matinha e Penalva.

Leitores do Blog do Jailson Mendes constantemente enviam fotos e vídeos da situação das estradas vicinais e é o mesmo problema denunciado nos anos anteriores nesta página, sem a preocupação dos gestores públicos.

A situação é preocupante no povoado Jacaré, município de Penalva. Fotos enviadas mostram a precariedade da estrada e o prefeito Ronildo Campos disse ao blog que tem um convênio com o Governo do Estado no valor de 1,5 milhões, mas que até agora só foram repassados 10% desse valor e a chuva está impedindo a continuação dos serviços.

O problema é o mesmo enfrentado por moradores dos povoados Beirada, Quiá, Bom Jesus e Raposa, na cidade de São João Batista. Lama e barro impedem os habitantes da zona rural de circular com frequência e a situação só piora.

Blog do Jailson Mendes

Prefeita Linielda de Eldo manda recuperar ambulância em Matinha; hospital conta duas já

O Hospital Municipal de Matinha conta agora com mais uma ambulância para atender as necessidades dos pacientes. Na semana passada, uma ambulância foi totalmente recuperada após ser encontrada totalmente destruída.

A determinação foi da prefeita Linielda de Eldo, que mandou recuperar o veículo abandonado e agora o Hospital Municipal conta duas ambulâncias para atender a população de Matinha.

Em sua página de relacionamento pessoal, na internet, o secretário de Obras e Infraestrutura do município, Eldo Jorge, comemorou a reforma autorizada pela prefeita e disse que a gestão prima por ações relevantes na cidade.

“Graças ao bom Deus. A velha, agora renovada, a inutilizada, agora pronta para atender as necessidades do nosso povo. Ambulância S10 totalmente reformada. Parabéns à gestão da nossa prefeita por primar por ações relevantes ao povo de Matinha. Agora temos duas…avante”, comentou.

 

Urgente: estruturas de ginásio não concluído desabam na cidade de Matinha

As estruturas de um ginásio poliesportivo desabaram agora há pouco na cidade de Matinha. A obra foi dada como finalizada durante o governo do ex-prefeito Beto Pixuta, mas nunca foi concluída de fato.

Segundo moradores informaram ao Blog do Jailson Mendes, as poucas estruturas de ferro que ainda estavam de pé caíram, impedindo, inclusive, de jovens treinarem no espaço.

A estrutura caiu após uma forte tempestade com ventos fortes e por pouco não atingiu casas próximas à obra. Não foi identificada, até agora, nenhuma vítima.

Alunos usavam o ginásio não concluído para treinarem durante o dia. Segundo a prestação de contas do ex-prefeito Beto Pixuta, enviada ao Tribunal de Contas do Estado, foram gastos 300 mil na obra.

Porém, obra nunca foi concluída, como mostram as fotos enviadas ao Blog do Jailson Mendes e espalhadas nas redes sociais. Vejam as fotos…

Ginásio estava assim até o fim do ano passado

Academia Matinhense de Ciência, Artes e Letras faz balanço positivo de ações em 2018

Ano novo, momento oportuno para refletirmos sobre o ano que passou. Certamente muitas coisas boas aconteceram… As experiências que deram certo e que marcaram nossas vidas. Para nós, que cremos na soberania de Deus, nada acontece por acaso. Devemos ter o espírito de gratidão ao Pai, pois temos consciência de que Ele, com sabedoria infinita, controla todas as coisas. Inicio de ano é sempre um momento propício para avaliarmos nossas inserções, realizações e perspectivas; em tempo de fazer ajustes caso se façam necessários em nossos objetivos.

A Academia Matinhense de Ciência, Artes e Letras – AMCAL, ao longo de 2018 primou por sua consolicitação no cenário cultural do Maranhão, com efetiva participação de seus acadêmicos, estando representada nos importantes acontecimentos culturais, educacionais e cívicos de nosso estado; criação literária, artigos e crônicas com divulgação nos jornais de grande circulação, lançamento do livro “Palavras de Amor” de autoria do Confrade Alan Rubens; contribuição literária em obras como Ecos da Baixada; I coletânea Poética da Sociedade de Cultura Latina do Brasil, Construindo Pontes; Púcaro Literário, entre outros.

Contribuição social com a criação do I Coral do Estudante Matinhense, com a maestria do Confrade Simão Pedro Amaral, bem como do Curso de Oratória, ministrado com excelente desenvolvimento do Confrade Manoel Santana Câmara Alves, em parceira com a prefeitura de Matinha; além de muitas outras contribuições culturais da Confreira Maria Zilda Cantanhede, por meio da Secretaria Municipal de de Educação, Ciência e Tecnologia de Matinha.

Por tudo isso, somos gratos a Deus e estamos cientes de que é preciso fazer mais e o faremos com criatividade, determinação e a bênçãos divina. Desejamos a todos um ano novo repleto de realizações. São os votos da Academia Matinhense de Ciência, Artes e Letras – AMCAL.

Maria Zilda Costa Cantanhede
Secretária Geral

Carlos César Silva Brito
Presidente.

Prefeita de Matinha atende recomendação do Ministério Público e suspende processo licitatório

Prefeita Linielda

Atendendo recomendação expedida pelo Ministério Público do Maranhão, em 19 de dezembro, a prefeita de Matinha, Linielda de Eldo, suspendeu o procedimento licitatório referente ao Pregão Presencial nº 37/2018, que tinha como objetivo a aquisição de medicamentos.

O certame seria realizado no dia 31 de dezembro, véspera do ano novo, o que poderia colocar em risco a competitividade, segundo o promotor de Justiça da cidade, Marco de Oliveira. Além disso, não houve publicação do edital da licitação no site da Prefeitura, contrariando a legislação, especialmente a Lei de Acesso à Informação.

A gestão municipal acatou a manifestação da Promotoria de Justiça da Comarca de Matinha e mudou a data de recebimento das propostas para o dia 15 de janeiro de 2019. O MPMA tomou conhecimento das irregularidades no certame por meio de informações repassadas pelo Centro de Apoio Operacional da Probidade Administrativa e pela Controladoria Geral da União.

REDE DE CONTROLE

A designação de licitações para o período de 24 a 31 de dezembro já havia levado a Rede de Controle da Gestão Pública a ingressar, por meio do Ministério Público Federal (MPF), com uma Ação que levou a Justiça Federal a suspender os procedimentos licitatórios. A Controladoria Geral da União (CGU) identificou, pelo menos, 40 licitações em 15 municípios maranhenses nessas condições.

A iniciativa de ingressar com as medidas cautelares na Justiça Federal ocorreu após reunião havida entre os representantes do MPF, CGU, Tribunal de Contas da União (TCU) e MPMA, em 20 de dezembro. Para as instituições havia elementos suficientes para pedir a suspensão dos procedimentos por violação dos princípios da publicidade, moralidade e impessoalidade, além de evidente prejuízo à competitividade. Com informações do site do MPMA.

Blog do Jailson Mendes

A crônica do dia: Procuram-se leitores…

Franky Raykar e Daiane Cordeiro

Procuram-se: leitores aficionados, relaxados, entusiasmados, com ou sem experiência, altas e baixas expectativas, triunfantes, escritores, viventes, amantes, ignorantes, em qualquer etapa da vida, desiludidos, céticos, fantasiosos, teóricos, românticos, com mentes brilhantes ou no mais simples seguimento de sua existência, dos que veem aos que não podem ver. Procuram-se, enfim, leitores.

Houve o tempo em que o cidadão despertava na tranquilidade da sua casa, ansioso para ler o jornal do dia, com a mente a trabalhar mais do que o corpo, insaciável por saber dos mais recentes acontecimentos. Houve o tempo em que o cidadão despertava, contrário aos estímulos de agora, que solucionam tudo passivamente, mantendo máquinas pensantes em repouso, guardadas ainda no quarto, mesmo após o amanhecer. Já não se desperta mais como outrora, porque nem mesmo se dorme, ritual que em outros tempos era organizado em etapas, desde o término da leitura do livro de cabeceira até o desligar das luzes, com todos os músculos do corpo no mais profundo estado de relaxamento e a imensa atmosfera de silêncio a cortar as centenas de residências adjacentes.

A vida se tornou uma imensidão de alvoroço caótico em que não se para. Não se freia a mente passiva para ligá-la adiante com a aprazível leitura de um livro na mais confortável poltrona ou na simples rede da varanda de casa. Não se freia o incessante mundo virtual que, a todo tempo, enche de conteúdo infinito e pouco qualificado as pobres mentes, consumidoras incansáveis de produtos disponíveis ao imediato uso de um celular. Aliás, consagrado e indispensável item à sobrevivência humana se fez nos últimos tempos, minimizador de distâncias e de saudades, eficiente meio de comunicação em massa, prático em sua essência, o mundo inteiro presente na palma da mão.

Dispostos em fila os mais brilhantes artifícios da atualidade, sem dúvida essa pequena caixa que armazena o mais importante da vida está entre os objetos mais utilizados por toda a sociedade. Não é por acaso que, diante de tamanha evolução humana, para ele se voltam inúmeras ondas de idolatria, fontes alimentadoras da agitação do cotidiano.

Não se pensa. Não se lê. Não se lê, logo não se pensa. A leitura foi resumida ao simples passar de olhos por redes sociais apelativas, constantes, diárias, que nunca acabam. Não é mais como ler um livro de capa a capa a ser terminado no dia seguinte. Não é como dormir e despertar. Não há começo nem fim. Apenas um meio universal que mantém dentro dele todos os que consomem a vida como ela é, opostos à vida como ela era.

Procuram-se leitores. Sugere-se que, como recompensa, há de ser oferecido um mundo melhor.

Franky Raykar, acadêmico de Enfermagem da UFMA, cristão, flamenguista, original de Matinha-MA, residente em São Luís-MA.

Daiane Cordeiro, acadêmica de Medicina da UFMA, brasiliense, vivendo aventuras em terras ludovicenses, eterna amante da língua portuguesa.

Governo Federal suspende autorização para funcionamento da rádio comunitária Manga FM, de Matinha

Jovens do Fórum da Juventude dando entrevista para locutores no estúdio da emissora

Gilberto Kassab, mandou fechar cerca de 130 rádios comunitárias em medida publicada no dia 31 de dezembro no Diário Oficial da União. Foi seu último dia como ministro da Ciência, Tecnologia, inovações e Comunicações (MCTIC) do ex-presidente Temer. Parte das emissoras tiveram suas outorgas suspensas, o que só produzirá efeitos legais após deliberação do Congresso.

No Maranhão, foram suspensas as autorização de 9 rádios comunitárias, incluindo a Manga FM, da cidade de Matinha, única com serviços suspensos na Baixada Maranhão. Outras entidades tiveram a outorga extinta, o que tem efeito automático. Ou seja, dezenas de rádios comunitárias foram repentinamente proibidas de permanecer no ar.

Para justificar a medida, o ministério alegou descumprimento de algumas condições para terem a renovação ou manutenção de suas outorgas. Segundo o MCTIC, as emissoras foram alvo de uma série de denúncias sobre reincidência de infrações na legislação que regulamenta o funcionamento das rádios comunitárias no país.

A Associação Brasileira de Rádios Comunitárias (Abraço Brasil) afirma que as exigências estão fora do alcance da maioria das emissoras dessa categoria. As rádios comunitárias não têm caráter comercial e são importantes canais de integração de comunicação de diversas comunidades.

Vejam a portaria expedida pelo MICTIC…

Em Matinha, segundo vereador mais votado adere ao grupo liderado pela prefeita Linielda e Eldo Jorge

A Oposição teve mais um declínio na cidade de Matinha. Desta vez, a prefeita Linielda de Eldo recebeu a adesão do vereador Márlio de Zé Mario, segundo mais votado nas eleições municipais passadas. Agora, o grupo que administra a cidade já conta com 7 parlamentares e articula a reeleição da prefeita.

Numa reunião ontem, com a presença da prefeita e do líder político Eldo Jorge, a família Cunha Rabelo aderiu ao grupo e confirmou seu apoio com vistas às eleições do ano que vem. Com a adesão, o quadro de secretários do primeiro escalão e o cenário na Câmara de Vereadores de Matinha também tem oscilação.

Com a chegada do vereador, Lilico volta ao parlamento e deve assumir a Liderança do Governo. O suplente de vereador Carlos Cesar estava em seu lugar na casa, já que Lilico estava como titular da Secretaria Municipal de Saúde desde o ano passado. Em seu lugar, assume a irmã do vereador Marlio, a ex-secretária Jeane Cunha.

Ela já foi secretária de Assistência Social no governo de Dr. Emano e atualmente é proprietária de uma escola particular na cidade. Ontem mesmo, a prefeita Linielda de Eldo assinou o termo de posse da nova secretária. Márlio, que foi eleito no grupo da Oposição, chega ao grupo de Linielda e diz que não medirá esforços para melhorar a gestão e ajudar o Governo na câmara.

Mostrando capacidade de buscar apoio e acenando para a disputa do próximo ano, Linielda agradeceu o apoio do vereador e disse que recebe a Família Rabelo com o mesmo carinho que vem tratando seus munícipes. A adesão da família inicia as articulações para as eleições de 2020, quando a prefeita deverá disputar a reeleição.

Folha de SJB

Viana recebeu quase 8 milhões só em dezembro; vejam os repasses para S. J. Batista, Olinda, Matinha, São Vicente, Cajapió, Penalva e São Bento

Prefeito de Viana

O prefeito de Viana, Magrado Barros, exonerou todos os funcionários contratos e comissionados sem pagar. Porém, de acordo com o levantamento feito pelo Blog do Jailson Mendes, só em dezembro, o Governo Federal repassou quase 8 milhões para os cofres públicos administrados pelo gestor.

Na mesma situação, está o prefeito de São Bento, Luizinho Barros, que só este mês recebeu mais de 6 milhões. Mesmo assim, em recente acordo com o Ministério Público, o gestor disse que só pagará os meses de novembro e dezembro no ano que vem, se o Governo Federal enviar uma complementação.

Na lista dos municípios que mais receberam, onde o blog faz cobertura, vem Penalva. Para a cidade administrada por Ronildo Campos, foram mais de 6 milhões e meio. O blog informa que, nestes valores, não estão descontados os pagamentos de precatórios e demais encargos.

Vejam os números dos demais municípios.

Penalva  R$ 6.666.015,26 C

São João Batista R$ 4.090.405,95 C

Viana R$ 7.706.929,30 C

São Bento R$ 6.384.935,84 C

São Vicente Ferrer R$ 3.824.631,14 C

Cajapió R$ 2.417.804,09 C

Matinha R$ 4.197.420,87 C

Olinda Nova do Maranhão 3.160.325,03 C

Artigo: O almoço das crianças: um conto de Natal à moda Maria de Lola

O dia 25 de dezembro me traz uma das mais belas recordações de mamãe. Todos os dias eu lembro dela, das suas frases, chistes, motes, atitudes, ações, algumas tristes, outras alegres, porém sempre, marcantes e com ensinamentos. Essa reminiscência do dia 25, ela denominava de “Natal das minhas crianças”.

Maria de Lola

Amava o Natal, o nascimento de Jesus significava o acontecimento mais importante da sua vivência cristã. Nenhuma data na igreja era mais prestigiada, eu sempre brincava dizendo: isso é um erro seu, fundamental é a Páscoa, pois representa o sacrifício vicário de Cristo, sua morte e ressurreição; mesmo porque historicamente, temos a comprovação do não nascimento do Messias nessa época do ano; que é uma celebração em favor do deus sol, portanto um evento pagão, um sincretismo, só aproveitado pela nossa religião, etc… mas não adiantava, ao seu olhar, o Natal era mais relevante e ponto final.

Nunca fui adepto do Natal, acho uma festa hipócrita e vazia, que enaltece o consumismo, torna-se desrespeitosa para com o homenageado, Jesus, deturpando sua missão a serviço do Reino de Deus, exaltando o capitalismo selvagem, e suas mazelas burguesas. Maria de Lola me obrigava a repensar essas ideias.

O almoço que preparava para as crianças em Matinha, religiosamente no dia de Natal, operava um milagre, mais ou menos como com o personagem rico do livro Um Conto de Natal, do escritor inglês Charles Dickens, lançado em 1843, um velho sovina e rabugento, o senhor Scrooge, que é salvo pelo espirito do Natal.

Inesquecíveis, inenarráveis num único texto, as emoções advindas desse almoço.
Passava o ano todo em preparação ao evento. Os movimentos se intensificavam a partir do segundo semestre, e chegavam ao seu ápice no mês de dezembro (segundo suas palavras, o mais belo do ano). O décimo terceiro da sua aposentadoria, era todo utilizado para o acontecimento. Comerciantes, políticos do governo e da oposição, amigos, irmãs e irmãos da igreja, ajudavam de todas as formas na construção do ato.

Não tinha vergonha, ia de comércio em comércio, fazendo sua pregação, peregrinando, buscando os donativos. Quanto mais se aproximava o dia 25, maior o seu frenesi, sua atenção só diminuía um pouco, nos dias 8, 15 e 16, aniversários de Palá, meu e de Lauro. A partir daí, cem por cento dos esforços eram envidados em pegar as doações, fossem estas em dinheiro ou produtos, na contratação da carne, do arroz, farinha, preparação do local (o quintal da casa de vovó Lola), confecção de bancadas, pratos, colheres, tudo para tornar a festa das minhas crianças (como chamava), a melhor possível.

Do dia 15 em diante, uma nova etapa se iniciava, ia de casa em casa da cidade, especialmente dos bairros Novo, e depois Galiza, Veronica, nas vias adjacentes a casa onde morava. Quando chegava nas ruas, nas moradias, era festivamente recebida pelas mães, e principalmente pelas crianças, que corriam a abraçá-la. Dava o seu recado, fazia a intimação, bem mais que um convite, para a celebração do “Natal de Jesus”, ressaltando, em alto e bom som, “de Jesus, não de papai noel”.

Enfim o grande dia, tudo já pronto, água gelada na velha geladeira, jarras, pratos, colheres, carne, assada, cozida, frita, salada, farofa, arroz cozinhando desde cedo, em grandes caldeirões, um entra e sai na casa de vovó Lola, o quintal brilhando de limpo, as amigas e ajudantes voluntários e voluntárias (que normalmente participariam com os filhos do almoço), a postos, e Maria de Lola incansável, provando a comida, com aquele jeito que só quem a conheceu sabe, correndo, cantando, mobilizando… a felicidade transbordando.

A turba de crianças vai chegando de modo gradativo, algumas já estão no quintal desde as 6 da manhã. Quem tem mais intimidade, entra pela porta da frente da casa, outros pelo portão de varas do quintal, já previamente aberto. Todos com suas melhores roupinhas, muitas bem pequenas, carregadas nos colos pelas mães ou irmãs mais velhas.

Entravam, sentavam-se nos bancos de juçareiras que foram preparados, todas quietinhas, com aquele olhar fascinado das crianças quando sabem que ganharão presentes. Não se mexiam, paradas educadamente, em baixo da mangueira ou pé de coqueiro, a espera pacientemente do banquete.

Após uma oração, eram servidas, não me é possível identificar quantas, as mães com crianças de colo tinham prioridades. Como no milagre da multiplicação dos pães e peixes retratados pelos evangelhos e que fora praticado por Cristo, todos os meninos e meninas são agraciados e saciados, e mesmo assim ao cabo da ação, sobejava comida.

Gerações inteiras de crianças, hoje já adultas, participaram desse ato anos a fio. Indescritível a alegria e o contentamento destas, talvez tivéssemos uma pequena medida nos sorrisos francos, radiantes, euforicos, esboçados nos rostinhos inocentes. Quanto a mamãe, sua face a iluminada de felicidade, demonstrava a certeza do dever cumprido, da missão realizada, transcendendo plenamente o fator cansaço. Esbaldava – se na crença sincera de que Cristo, o menino Deus feito homem, nascido naquele dia, a motivara, dera suporte.

Convicta de que Ele era o único a ser louvado, engrandecido, honrado, já se movimenta laboriosa, planejando e promovendo preparativos para o próximo “almoço das crianças”.

João Carlos da Silva Costa Leite

Natural de Matinha, bancário aposentado, presbítero em disponibilidade da Igreja Presbiteriana Independente do Brasil( IPIB), membro do Fórum em Defesa da Baixada Maranhense (FDBM), membro da Academia Matinhense de Artes, Ciências e Letras (AMCAL), e graduando em Filosofia pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Mensagem de Boas Festas do ex-prefeito Beto Pixuta ao matinhenses

O ex-prefeito de Matinha, Beto Pixuta, desejou Boas Festas aos matinhenses.

Em mensagem encaminhada ao blog, ele disse ‘a fé e a esperança Natal renove nossas forças para continuar lutando no Ano Novo que se anuncia’.

Vejam

Agora lascou: São João Batista, Olinda, Matinha, São Vicente e Cajapió podem ficar sem recursos para o carnaval

Uma decisão da Vara de Interesses Difusos e Coletivos do termo judiciário de São Luís acolheu pedido do Ministério Público Estadual, concedendo em parte tutela de urgência antecipada para determinar ao Estado do Maranhão que se abstenha de realizar transferências voluntárias, a exemplo dos repasses destinados aos eventos carnavalescos, com exceção daquelas relacionadas à saúde, educação e segurança pública, aos municípios que não integrem efetivamente o Sistema Nacional de Trânsito, bem como aqueles que, apesar de integrados, não estão efetivamente cumprindo com suas obrigações de fiscalização.

Entre as cidades que podem ficar sem esses recursos, estão os municípios de São João Batista, Olinda, Matinha, São Vicente e Cajapió. Na ação, o Ministério Público estadual alegou que a falta de fiscalização das normas de trânsito pelos municípios maranhenses estaria expondo a constante risco a população maranhense.

O MP cita depoimento do presidente do Sindicato dos Médicos do Estado do Maranhão, noticiando que 70% dos pacientes internados em UTI no Maranhão em razão de traumas estão envolvidos com acidentes automobilísticos, e relatando que o pano de fundo para essa situação consistiria na falta de fiscalização do DETRAN e do controle de motoristas conduzindo veículos e motocicletas sob efeito de bebida alcoólica ou sem uso de capacete.

Afirmou ainda ser público e notório que os gastos com a recuperação dos usuários do SUS com traumas decorrentes de acidentes automobilísticos são exorbitantes e oneram demasiadamente os cofres públicos, impactando não apenas o setor de saúde, com altos custos médico-hospitalares, mas também a Previdência Social e a economia. O Ministério Público também registrou que o investimento em políticas de melhorias do trânsito não é prioridade dos municípios maranhenses, tampouco a garantia da segurança dos usuários das vias, o que não se deve à falta de recursos.

Segundo o pedido, a destinação indevida dos recursos ocasiona o aumento de atos irregulares praticados pelos condutores e, consequentemente, culmina em trágicos acidentes e conflitos no trânsito, superlotando os hospitais de urgência e emergência, ademais das outras unidades de saúde da capital, cuja superlotação tem colocado em colapso a execução continuada dos serviços de saúde públicos em todo o Estado, em notório prejuízo aos usuários do SUS.

A decisão cita dados da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão, de 13/12/2018, demonstrando que no período compreendido entre os anos 2015 e 2018, no Maranhão ocorreram 29.731 internações de pacientes de traumas decorrentes de acidentes automobilísticos. Os custos hospitalares com essas internações totalizaram o montante de R$ 22.335.790,03.

“Ao se identificar a ocorrência de acidentes de trânsito como uma das causas geradoras de elevados custos sociais que impactam a gestão da saúde, da previdência e de outros serviços públicos igualmente relevantes, é razoável que se adotem medidas urgentes de prevenção aos acidentes de trânsito, para que se minimizem os nefastos efeitos apontados”, observou.

A eventual transferência deverá de precedida de certidão a ser fornecida pelo DETRAN de que o município integra o Sistema Nacional de Trânsito e que está cumprindo as obrigações previstas no CTB. O magistrado designou audiência de conciliação para o dia 01/02/18 e, para o caso de descumprimento da decisão, fixou multa diária de R$ 10.000,00. Confiram AQUI as demais informações e a lista completa dos municípios que não integram o Sistema Nacional de Trânsito.

Folha de SJB

Crônica do dia: A verdade a respeito dos sonhos

Frank

Hoje realizei mais um sonho em minha vida. Foram vários só nesta semana. O engraçado é que não tenho o mesmo sentimento de quando eu estava idealizando tal sonho.

Eis aí mais um truque da vida. Os sonhos são mais belos quando estão em fase de projeto, já que, na fase de realização eles se assemelham a mais um simples acontecimento da vida.

Sonhos como: entrar na faculdade, achar um grande amor, ter filhos e formar uma família. Quando acontecem, não têm nada de surreal, mágico ou esplendoroso. É só mais um caminho que a vida tomou.

Então, afinal, o que dizer daqueles que não veem os sonhos serem realizados? Estes, coitados, morrerão sem saber a verdade a respeito dos sonhos. Terão que se contentar com a “verdade” contada por quem os realiza, abismados com cada respingo de vida real.

Franky Raykar, acadêmico de Enfermagem da UFMA, cristão, flamenguista, original de Matinha-MA, residente em São Luís-MA.

Secretários de Juventude de São João Batista e Matinha são homenageados pelo Governo do Estado

O Governo do Maranhão, através da Secretaria de Estado Extraordinária da Juventude (Seejuv), homenageou, nesta terça-feira (11), os secretários de Juventude de São João Batista, Fernando Santos, e de Matinha, Vivânia Gonçalves, pelos trabalhos realizados na pasta que contribuiu para o desenvolvimento das políticas públicas de juventude em suas cidades. Eles entre os 13 melhores secretários municipais de todo o estado.

Eles receberam a Medalha ‘Dica Ferreira’ e um certificado de Parceiros da Juventude. A solenidade aconteceu no Cine Praia Grande, no Centro de Criatividade Odylo Costa Filho, e contou com a presença da secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira, e diversos outros secretários de estado do Governo Flávio Dino, além de representantes de movimentos sociais e demais instituições que contribuem para o desenvolvimento das políticas públicas de juventude no Maranhão.

Também estiveram presentes o presidente do Fórum de Políticas Públicas de Juventude da Baixada Maranhense, Jailson Mendes; da coordenadora de Juventude São Vicente, Francy Abreu; o representante do Labex/Uema, Ricardo Gonçalves; além de assessores que estavam acompanhando os secretários de São João Batista e Matinha. Foram homenageadas mais de 60 pessoas, instituições e gestores, que ao longo dos quatro anos da gestão do governador Flávio Dino, foram parceiros no desenvolvimento de várias ações que beneficiaram milhares de jovens maranhenses.

Para secretário Fernando Santos, a homenagem é o reconhecimento do trabalho sério que está sendo realizado com responsabilidade em sua gestão e mesmo com menos de um ano a frente da pasta, já demonstra que está no caminho certo. “É uma homenagem que coroa o nosso trabalho a frente da secretaria, recém criada pelo nosso prefeito, João Dominici, que foi o primeiro gestor a criar uma pasta exclusiva da Juventude, de modo que queremos agradecer a todos os envolvidos e parceiros, como o Fórum da Juventude. Vamos lutar muito mais pela juventude joanina”, disse Fernando.

Já a secretária de Matinha, Vivânia Gonçalves, a homenagem da Seejuv fortalece o trabalho já desenvolvido na cidade e agradeceu o apoio que vem recebendo da prefeita Linielda de Eldo. “Quero agradecer o apoio que estamos recebendo da nossa prefeita e reafirmar nosso compromisso com a Juventude Matinhense. Nosso trabalho continuará”, finalizou.

MEDALHA DICA FERREIRA

A medalha Dica Ferreira foi criada através da Portaria SEEJUV/GAB N.º 01, de 12 de dezembro de 2017, e é um reconhecimento aos parceiros, autoridades, servidores, profissionais, amigos e colaboradores pelos relevantes e excepcionais serviços prestados à juventude maranhense, e àqueles que, durante sua mobilização, distinguiram-se no exercício de suas atividades, bem como tenham se destacado por suas atitudes, dedicação e capacidade profissional.

Além disso, a comenda também homenageia a militante social Raimunda Ferreira – conhecida como Dica Ferreira. Mulher, mãe, liderança comunitária e de movimentos sociais, Raimunda Pereira é o exemplo de mulher que nunca fugiu da luta diária pelo bem comum de todos. Dica morou e militou por muitos anos junto às comunidades do Polo Coroadinho, procurando sempre promover a luta coletiva em busca de melhorias para a população das comunidades da região. Mas a luta dessa grande maranhense foi além. Dica se envolveu na causa das mulheres e da juventude, que buscavam seu espaço na sociedade, participando de vários movimentos sociais, como a Rede de Educadores Populares do Nordeste e a Rádio Comunitária Conquista FM.

Folha de SJB

TRE desaprova, previamente, contas de Pará Figueiredo, Ricardo Rios e Glaubert Cutrim

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) deu início ao julgamento das prestações de contas de todos os candidatos eleitos em 2018 para que possam então receber os diplomas no dia 18 de dezembro.

Mais votados nas cidades de São João Batista e Matinha

Os processos que tratam do assunto começaram a entrar em pauta para julgamento do colegiado na tarde da última segunda-feira, 3 de dezembro, data da primeira sessão do mês, mas os membros do TRE têm a prerrogativa de decidirem monocraticamente a questão.

Até o momento, dos 42 deputados estaduais eleitos em outubro, pelo menos oito tiveram as contas previamente desaprovadas, entre eles os deputados eleitos Pará Figueiredo, Ricardo Rios e Glalbert Cutrim, mais votados nas cidades de São João Batista e Matinha. Além destes, os deputados Daniella Tema, Zé Gentil, Cleide Coutinho, Professor Marco Aurélio e Hélio Soares também estão na lista com contas irregulares.

Mais de quinze tiveram contas aprovadas com ressalva e os demais tiveram aprovação do pleno do TRE-MA. Também terão contas julgadas o governador e vice eleitos, 2 senadores e os respectivos suplentes (2 de cada), os 18 deputados federais, além dos 42 deputados estaduais e mais os 1º e 2º suplentes de cada partido e/ou coligação.

Ao encerrar os julgamentos, a Justiça Eleitoral encaminhará as contas desaprovadas ao Ministério Público Eleitoral para análise de abertura de investigação judicial, nos termos do art. 22 da Lei Complementar nº 64/1990. Após a publicação da decisão no Diário da Justiça Eletrônico (DJE) sobre as contas, caberá recurso especial ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no prazo de três dias. Das decisões proferidas pelo TSE, só é possível recorrer se contrariarem a Constituição Federal.

Folha de SJB

Prefeituras de Viana e São Bento recebem mais de um milhão extra do FPM; vejam os valores de S. J. Batista, Penalva, Matinha, Olinda, Cajapió e São Vicente

O repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de dezembro foi depositado nesta sexta-feira, 7 de dezembro. A previsão da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é de que o montante chegue a mais de R$ 4 bilhões. Ou seja, um crescimento de 7,13% comparado a 2017.

Segundo dados do CNM(Confederação Nacional dos Municípios), os municípios de Viana e São Bento receberam, cada um, mais de um milhão extra do FPM. O município de Penalva também recebeu quase o mesmo tanto, um pouco mais de 900 mil. O recurso extra é proveniente da arrecadação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) e do Imposto de Renda (IR) contabilizada entre o início de dezembro do ano passado até o final de novembro deste ano.

O repasse foi realizado um dia antes do primeiro decêndio normal do FPM de dezembro. Cabe destacar que, de acordo com a redação da Emenda Constitucional 55/2007, não incide retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) ao 1% adicional do FPM.

No entanto, trata-se de uma transferência constitucional e por isso deve incorporar a Receita Corrente Líquida (RCL) do Município e, consequentemente, deve-se aplicar os limites constitucionais em saúde e educação. Os Municípios recebem todos os anos nos meses de julho e dezembro 1% da arrecadação de IR e IPI referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse.

O FPM é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com uma tabela de faixas populacionais.

Vejam a lista

São João Batista 600.164,70 reais

Viana 1.100.301,96 reais

São Vicente Ferrer 600.164,70 reais

Penalva 900.247,05 reais

São Bento 1.000.274,50 reais

Olinda Nova do Maranhão 500.137,25 reais

Matinha 600.164,70 reais

Cajapió 400.109,80 reais

Prefeita de Matinha é convidada para ser a vice-presidente do Conlagos

Prefeita de Matinha assina chapa

A prefeita de Matinha, Linielda de Eldo, deverá ser a próxima vice-presidente do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional dos Lagos Maranhenses (Conlagos). O convite foi feito pelo atual presidente do colegiado, Rodrigo Oliveira, prefeito da cidade de Olho d’Água das Cunhãs.

A gestora esteve hoje assinando a proposta da chapa ao lado do diretor executivo, Ronald Damasceno, e deve ser a vice-presidente do biênio 2018-2019. Atualmente, o prefeito de Olinda Nova, Costinha, é o ocupante do cargo.

Ela esteve acompanhado do secretário de Obras e Infraestrutura, Eldo Jorge, e de assessores, em São Luis. A eleição acontecerá na próxima semana, no dia 11.

Folha de SJB

Prefeita de Matinha diz que vetará projeto de décimo terceiro salário dela e do vice-prefeito

Linielda, prefeita de Matinha

A prefeita de Matinha, Linielda de Eldo, informou ao Blog do Jailson Mendes que vetará o projeto que instituiu o 13º salário para vereadores, prefeita e vice do município. A proposta foi aprovada na ultima sessão da Câmara de Vereadores e aguarda sanção da gestora, que deve vetar parte do projeto.

Em conversa com o blog, Linielda disse que o projeto é de autoria dos próprios vereadores, que não pediu nenhum décimo terceiro e que vetará a proposta para os dois chefes do Poder Executivo, prefeita e vice-prefeito, deixando apenas para os parlamentares.

Ela explicou que, como a Câmara tem uma orçamento próprio, ela entende que não cabe à gestora municipal vetar um projeto que mexe no orçamento do Poder Legislativo, mas que fará isso no âmbito do Poder Executivo.

Linielda também rechaçou a informação de que alguns secretários também teriam pedido para que fossem incluídos na proposta. A prefeita de Matinha disse que não houve nenhum pedido para que eles fossem incluídos e que não há crise. “Estamos fazendo é cortes, por isso não é coerente aprovarmos um 13º salário”, disse.

Sendo assim, após o veto da prefeita, apenas os vereadores receberão o décimo terceiro. Após a matéria de ontem, publicada neste blog, vereadores tem sido alvos de duras críticas pela população do município. Na sessão que aprovou o projeto, apenas os vereadores Ulisses e Carlos Cesar estavam ausentes.

Folha de SJB

Com recursos em queda, parlamentares aprovam 13º salário para vereadores, prefeita e vice-prefeito de Matinha

Os vereadores de Matinha receberão até o décimo terceiro salário a partir de 2019. A proposta foi aprovada na semana passada por todos os vereadores presentes na sessão, sob a presidência de Zé Orlando.

Plenário da Câmara de Vereadores de Matinha

O projeto também garante o pagamento para a prefeita da cidade, Linielda de Eldo, e para seu vice, Marquinhos de Aristóteles. A proposta vai na contra-mão das receitas do município.

Tanto o FPM, de onde sai os repasses para a Câmara de Vereadores, como o Fundeb, caíram drasticamente durante esse ano em Matinha, fruto do aprofundamento da crise financeira do país.

A situação também cria um clima de crise política, por que segundo informaram ao Blog do Jailson Mendes, secretários municipais também queriam para serem incluídos na proposta, mas não tiveram êxito.

O blog conversou com alguns presidentes de câmaras da Baixada Maranhense, que disseram que não está nos planos das casas legislativas, a aprovação de qualquer projeto desta natureza.

Na Baixada Maranhense, que o Blog tem conhecimento, apenas a cidade de Matinha aprovou uma proposta assim. Os vereadores Carlos César e Ulisses não estavam na sessão.

Folha de SJB

Morre jovem de 24 anos após grave acidente na semana passada na zona rural de Matinha

Dayane Moraes / Foto: Divulgação

Morreu na manhã de hoje, 02, uma jovem de 24 anos, vítima de um grave acidente na zona rural do município de Matinha. A vítima foi identificada como Dayane Morais Azevedo e morreu em São Luis, onde estava internada.

O acidente aconteceu desde a semana passada e Dayane estava na garupa de uma moto, com seu namorado. Segundo as informações, eles estavam indo para a região de Itans, quando encontraram uma vaca e ao parar, o irmão dele, que estava atrás com uma outra moto, se chocou com o primeiro, causando o grave acidente.

Ela foi levada no mesmo dia para São Luis e estava em coma, com traumatismo craniano. Após uma semana, um deles ainda está em estado grave e Dayane faleu nas primeiras horas da manhã deste domingo.

O corpo da vítima ainda está em São Luis, mas deve ser encaminhado para o município de Matinha, ainda hoje, onde deve ser enterrada.

Folha de SJB

Vereador chama desportista de ‘ensaiado’ após ele cobrar posição de parlamentares por ginásio não concluído em Matinha

Um jovem de Matinha foi classificado como ‘ensaiado’ pelo vereador Tom (PSDB), após ele fazer duras críticas aos parlamentares que faltaram na sessão que deveria julgar as contas do ex-prefeito Beto Pixuta e cobrar uma posição dos vereadores quanto a ginásio poliesportivo que nunca foi concluído no município. As declarações foram dadas durante a sessão de ontem, 28, no plenário da Câmara de Vereadores do município.

Vereador Tom, da cidade de Matinha

Identificado como Eduardo, o jovem desportista cobrou a presença dos parlamentares e disse que está muito decepcionado com os que faltaram durante a penúltima sessão do município. Ele citou nominalmente os que faltaram, Zé Orlando, Marlio, Tom, Rosiolete, Ulisses e Junior Pereira, fazendo com que as prestações não fossem votadas.

Ele cobrou a construção do ginásio poliesportivo, que aparece como construído nas prestações de Beto Pixuta, mas segundo as informações nunca foi concluído. O desportista também citou a construção de quase 20 poços, com 2 milhões de reais que também aparecem nas prestações de contas aprovadas pelo TCE, referentes ao ano de 2007.

Eduardo também frisou que está decepcionado e disse que não foi para isso que eles foram eleitos para fiscalizar o Poder Executivo. “Matinha era pra ter um ginásio poliesportivo, mas não tem”, finalizou. Após isso, o vereador Tom usou da palavra e disse que nunca foi preso e classificou a fala do desportista como ‘ensaiada’.

‘Você foi muito bem ensaiado, queria lhe ver aqui mais vezes. Ver seu histórico na cidade, se você realmente é um belo desportista, vê a sua passagem de forma legal pela cidade. Possa ir até o Tribunal de Contas, por que lá que é julgado e essas contas passaram aqui 60 dias e na época eu não era vereador”, disse Tom. Ele disse que não se envergonha de andar pela cidade, que é ficha limpa e que não tem passagem pela polícia.

Ele esclareceu que não votou por que não tinha mais prazo, por que era o ultimo dia e revidou dizendo que queria ver outras pessoas cobrar salários atrasados. Nas redes sociais, Tom tem sofrido acusações por ter colocado a competência do jovem em cheque e de agir com preconceito contra Eduardo.

Em conversa com o Blog do Jailson Mendes, o vereador Tom disse que não fez nenhum tipo de discriminação e que em Matinha, a questão partidária é muito pessoal. Vejam os vídeos.

Folha de SJB

Campeã brasileira paraolímpica de Matinha está participando do Troféu Mirante; saiba como votar

A jovem Raquel Alves, natural da cidade de Matinha, está participando do Troféu Mirante Esporte deste ano, realizado pelo Sistema Mirante de Comunicação. De acordo com as informações, ela está participando na categoria Paralímpico – Independente.

No ano passado, a aluna paraolímpica também representou o município de Matinha e o estado do Maranhão, e ganhou uma medalha de bronze em equipe e ouro individual, em São Paulo, nos Jogos da Juventude modalidade tênis de mesa parolímpico.

Raquel foi convocada para a seleção brasileira paraolímpica e foi uma das campeãs deste ano. Para votar na matinhense, é só entrar no link (https://www.instagram.com/fmatm/?utm_source=ig_profile_share&igshid=4jox4cza2g16) e curtir a foto dela.

Nesta edição, serão premiados os atletas que foram os principais destaques esportivos no Maranhão.

Folha de SJB

 

Dos 22 deputados estudantes empossados ontem na Assembleia Legislativa do Maranhão, três são de Matinha

Estudantes deputados de Matinha

Em continuidade à programação do Parlamento Estudantil 2018, 22 deputados estudantes iniciaram, na tarde desta sexta-feira (23), no Plenário Nagib Haickel, os trabalhos parlamentares, com a eleição e posse da Mesa Diretora. Os jovens também discutiram e votaram seus projetos de lei. A solenidade de posse foi conduzida pelo presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PC do B), e contou com a presença de vários deputados eleitos e reeleitos.

Dos 22 deputados estudantes escolhidos para esta etapa, três são do município de Matinha, do Centro de Educação ‘Aniceto Mariano Costa’, da Unidade Regional de Educação de Viana. Os jovens Jaffson Shaylon Abreu Santos, Mariana Alves Paiva e Valéria Belfort Moraes Araújo foram escolhidos nesta edição e foram empossados ontem. Eles estavam acompanhados da diretora da escola da escola, Neuza Silva; professores, familiares e da prefeita de Matinha, Linielda de Eldo.

Antes de oficializar a abertura, Othelino Neto deu as boas-vindas aos estudantes e fez uma reflexão, destacando a importância de os jovens se envolverem na política. “A juventude teve e tem um papel fundamental na história do Brasil. Este é um momento enriquecedor, onde os jovens têm a oportunidade de vivenciar um dia como deputados estaduais. Tenho a certeza de que eles jovens retornarão às suas casas com uma nova visão sobre a política”, disse.

Com 14 votos, saiu vitoriosa a Chapa 2, composta pelos deputados estudantes Pedro Lucas (presidente), Anna Luiza (vice-presidente) e Marcos Kauan (secretário), que defendiam, entre suas principais pautas, a participação ativa de jovens no cenário político, independente de cor, raça ou religião. “Nossa ideia é corroborar o tema deste ano, que é ‘Uma lição de democracia'”, explicou Pedro Lucas. Já à frente dos trabalhos, a mesa diretora eleita conduziu a sessão ordinária e os 22 deputados apresentaram e debateram seus projetos de leis, com diferentes temáticas de cunho social e em defesa do cidadão maranhense.

O Projeto de Lei 10/18, de autoria da deputada estudante Mariana Alves Paiva, por exemplo, da cidade de Matinha, determina a criação de cooperativas de catadores de materiais recicláveis nos municípios com mais de 15 mil habitantes. Já o Projeto de Lei 15/18, do deputado estudante Helton Ricardo Vieira, propõe o uso de energia solar em escolas e hospitais da rede pública. “O objetivo é diminuir o gasto anual com energia elétrica. E ainda que o governo precise gastar para investir, o lucro virá logo mais à frente”, defendeu o parlamentar.

Todos os projetos foram aprovados pelo Plenário, uns por unanimidade e outros com abstenções e votos contra. O próximo passo, agora, segundo o diretor geral da Mesa, Braúlio Martins, é levar as proposições aos deputados estaduais para que sejam analisadas, debatidas e, se deferidas, sancionadas pelo governo, como é de praxe. Ao término da solenidade, os jovens receberam, das mãos dos deputados Wellington do Curso, Zé Inácio (PT) e Eduardo Braide (PMN), o certificado de deputados estudantes.

O programa Parlamento Estudantil maranhense visa à integração da rede de ensino público e privado com a atividade parlamentar, preparando para o pleno exercício da cidadania e debatendo na Assembleia temas de relevância para o Estado. Ele foi instalado na gestão de João Evangelista e completamente reformulado em 2016.

Folha de SJB

Em nota, Zé Orlando fala sobre acusação de beneficiar Beto Pixuta e diz que está no mesmo grupo

Zé Orlando é acusado de beneficiar Beto Pixuta

O presidente reeleito da Câmara de Vereadores de Matinha, Zé Orlando, se manifestou hoje pela manhã sobre a acusação de está favorecendo o ex-prefeito da cidade, Beto Pixuta. Ele usou uma rede social para dizer que continua no grupo criado pelo ex-prefeito Aristóteles, mas que não foi eleito para fazer show político.

Ao se manifestar sobre a sua ausência na ultima sessão, onde deveria ser votado as prestações de contas do líder da Oposição, ele disse que sabia que não iria dá pra votar, por que precisaria da presença dos vereadores da Oposição.

O parlamentar disse também que permanece o mesmo e vai trabalhar para manter limpo o seu nome. Ele foi duramente criticado, nos comentários, por aliados da prefeita de Matinha, Linielda.

Ele não explicou o que acontecerá agora e nem se ainda colocará as prestações de contas em pauta nas próximas sessões.

Vejam a nota…

Prezados Matinhenses, após os últimos acontecimentos envolvendo meu nome e em que me vi sendo atribuído características q não condizem e que ferem meus princípios morais, me senti na obrigação de esclarecer aos amigos e eleitores Matinhenses que não existe essa história de mudança partidária, que sempre fui, desde 1984, e sou do grupo criado pelo amigo Aristóteles Araújo.

Muitos estão fazendo o julgamento da verdade pelo fato de ter montado uma chapa para minha recandidatura composta por vereadores da “oposição”, mas meus caros, saibam que por trás dos palcos acontecem situações que os cidadãos Matinhenses não possuem conhecimento e que acabam nos forçando a tomar certas decisões.

Estou buscando manter o desenvolvimento do meu cargo como sempre o fiz, trabalhando limpo, com dignidade e honradez aos que me colocaram no meu posto, sempre trabalhando junto ao povo e não me abstendo das minhas obrigações, mesmo que ultimamente esteja perdendo minha integridade moral para prevenir a dos que se pareciam ser meus aliados.

Na última seção da câmara me vi obrigado a não comparecer, pois, não fui reeleito a presidência da Câmara para promover show político planejado por alguns, aos que não sabem, mas a aprovação da prestação de contas do antigo prefeito só seria possível com 2/3 de votos a favor, algo que não seria possível devido a ausência dos 5 vereadores da “oposição”, com isso, preferi evitar tal situação.

Contudo caros amigos Matinhenses, continuo trabalhando limpo e junto ao povo, aberto a esclarecimentos e sugestões dos cidadãos, afirmando que eu Zé Orlando de Santa Izabel, continuo o mesmo homem transparente e de palavra .

Forte abraço

Zé Orlando

Reeleito, Zé Orlando favorece Beto Pixuta e intensifica crise política em Matinha

Zé Orlando

O presidente da Câmara de Vereadores de Matinha, Zé Orlando, não colocou as prestações de contas do ex-prefeito Beto Pixuta para serem votadas ontem, último prazo dado pela legislação. O vereador foi reeleito com apoio da Oposição para comandar o Legislativo por mais dois anos.

Com isso, ele favorece o ex-prefeito da cidade, já que o Tribunal de Contas do Estado recomendou a aprovação das contas de Beto Pixuta, e afundou ainda mais a crise política no município de Matinha. Embora não diga publicamente, o presidente da câmara age para favorecer a Oposição em suas decisões.

Ontem, ele chegou a perguntar aos presentes na sessão o que eles estavam fazendo na galeria e disse que a sessão só iria começar por volta das 18 horas. Porém, mais tarde, ele ligou para o vice-presidente dizendo que não iria comparecer, segundo as informações chegadas ao Blog do Jailson Mendes.

Sendo assim, o vice-presidente abriu a sessão no horário dado, mas não teve como colocar em votação as contas de Beto Pixuta por falta de quórum, já que nem Zé Orlando e nenhum dos cinco parlamentares da Oposição estavam presentes. Vereadores da Base de Apoio à prefeita criticaram a decisão do presidente da casa e disseram que essa é uma estratégia clara de favorecimento ao ex-prefeito.

As contas de Beto, que aguardam posicionamento dos parlamentares, são referentes ao ano de 2007 e constam nela a construção de um ginásio que nunca foi concluído e a construção de mais de 20 poços no valor de quase 2 milhões.

Folha de SJB

Sob acusação de não terminar obras em Matinha, vereadores devem votar contas do ex-prefeito Beto Pixuta

Ex-prefeito Beto Pixuta

Os vereadores de Matinha se preparam para votar as prestações de contas do ex-prefeito da cidade, Beto Pixuta. A informação não foi confirmada pelo presidente reeleito, Zé Orlando, mas parlamentares da Base Governista disseram que as prestações de contas devem entrar em pauta na sessão de hoje.

As contas são referentes ao exercício financeiro de 2007, com parecer pela aprovação do Tribunal de Contas do Estado, com o voto favorável de Edimar Cutrim, pai dos dois candidatos apoiados por Beto Pixuta nas eleições de outubro. Segundo o TCE, não há irregularidades, mas vereadores apontam diversas falhas nas prestações.

Entre elas, segundo os parlamentares, consta a conclusão de um Ginásio Poliesportivo no valor de mais de 300 mil. Porém, obra nunca foi concluída, como mostram as fotos enviadas ao Blog do Jailson Mendes e espalhadas nas redes sociais. Além disso, consta também a construção de mais de 20 poços artesianos na zona rural.

Só nos poços artesianos, segundo os parlamentares, foram gastos quase 2 milhões de reais. Vereadores contestam o parecer do TCE e pedem a confirmação da inelegibilidade do ex-prefeito Beto Pixuta, que se articula para ter a maioria absoluta na Câmara de Vereadores de Matinha.

Em conversa com o blog, Zé Orlando, que se reelegeu com apoio dos vereadores da Oposição, disse que as prestações não está na pauta da sessão de hoje, mas a Base Governista da casa informou que terá sim a votação, por se tratar de ser o ultimo prazo para a votação. Eles enviaram também fotos das prestações de contas que mostra a conclusão do ginásio.

Folha de SJB

Matinha e Viana passam a integrar Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Prefeita de Matinha, Linielda

Mais 12 municípios brasileiros começaram a fazer parte do Sistema Nacional de Segurança Alimentar (Sisan). Entre eles, estão alguns municípios da Baixada Maranhense, como Matinha e Viana.

Esse sistema tem como objetivos formular e implementar políticas e planos de segurança alimentar e nutricional no país, estimular a integração dos esforços entre governo e sociedade civil, bem como promover o acompanhamento, o monitoramento e a avaliação da segurança alimentar e nutricional e da realização progressiva do direito humano à alimentação adequada.

A formalização da adesão dos municípios foi publicada nesta segunda-feira (19), no Diário Oficial da União (DOU), pela Secretaria-Executiva da Câmara Interministerial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan), do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS). Os novos municípios integrados ao Sisan são: Matinha (MA); Santa Helena (MA); Senador La Roque (MA); São Mateus (MA); Pindaré-Mirim (MA); Lagoa do Mato (MA); Estreito (MA); Grajaú (MA); Viana (MA); Bequimão (MA); Serra Preta (BA)e São Leopoldo (RS).

Segundo a Caisan, ainda neste mês de novembro, a entidade deve publicar mais uma resolução com novas adesões de municípios. Nesse sentido, alerta que os municípios envie todos os documentos necessários até o dia 23 de novembro.

Folha de SJB

Ministério da Saúde oferece três vagas para médicos em S. J. Batista; vejam as vagas em Cajapió, Olinda, Matinha, São Vicente, Viana e São Bento

O Ministério da Saúde publicou no “Diário Oficial da União” desta terça-feira (20) o edital com cerca de 8,5 mil vagas para o programa Mais Médicos. As vagas, abertas para substituir médicos cubanos, são para profissionais brasileiros e estrangeiros que tenham registro no CRM do Brasil. Entre a lista de município, estão alguns da Baixada Maranhense e ao todo, o estado receberá mais 469 médicos.

Hospital Municipal de São João Batista

A publicação do novo edital faz parte de uma medida emergencial do governo brasileiro após o anúncio da saída de Cuba do programa, na semana passada. Nesta segunda-feira (19), o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, disse que presidente Michel Temer determinou que o país tenha o menor impacto possível com a saída de médicos cubanos do programa.

Serão 8.517 vagas e no primeiro edital, todas as vagas serão ofertadas aos médicos (brasileiros e estrangeiros) com registro no CRM do Brasil. As inscrições estarão abertas a partir das 8h de 21 de novembro até as 23h59 de 25 de novembro, e deverão ser feitas pelo site maismedicos.gov.br.  No ato de inscrição, o profissional escolherá o município disponível para a atuação;

Os médicos devem iniciar as atividades nos municípios a partir de 3 de dezembro; a data-limite é 7 de dezembro. Se houver vagas remanescentes, um segundo edital será lançado em 27 de novembro com vagas para brasileiros formados no exterior e estrangeiros. Para atuar no Mais Médicos, os profissionais sem CRM não precisarão fazer o Revalida. Eles poderão fazer o Revalida caso queiram exercer atividade também fora do programa.

Vejam a lista de municípios e a quantidade de vagas disponíveis.

São João Batista – 03 vagas

Cajapió – 01 vaga

Matinha – 02 vagas

São Bento – 02 vagas

Viana – 02 vagas

Pinheiro – 09 vagas

São Vicente Ferrer – 02 vagas

Olinda Nova do Maranhão – 01