Professores devem fazer paralisação de advertência na próxima semana em São Vicente Ferrer

Os professores do município da Rede Pública Municipal de São Vicente Ferrer devem cruzar os braços na próxima semana durante dois dias, 04 e 05. A paralisação de advertência está sendo organizado pela núcleo do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão  (SINPROESEMMA).

Ofício foi enviado ao titular da Semed

Na semana passada, a coordenação do sindicato do município enviou um ofício ao secretário de educação, Fábio Teixeira, informando que eles deveriam paralisar as aulas se não fossem pagos o terço de férias referentes ao ano de 2018 até ontem, primeiro de novembro e que a decisão foi tomada na última reunião do núcleo, com adesão dos professores filiados.

O ofício é assinado pela Comissão Provisória, formada pelos professores Ana Maria Pacheco, Claudiane de Jesus, João Batista Serra e Samya Sodré. Além disso, em conversa com o Blog do Jailson Mendes, alguns professores disseram que a prefeitura deve também o terço de férias de 2019 e outros direitos como difícil acesso de 2017 a 2019, férias de 2018 e 2019, última parcela de um acordo feito para pagamento dos AOSDS e vigias, além da devolução da contribuição sindical de fevereiro a outubro deste ano.

Ao blog, o secretário de educação disse que já informou aos sindicalistas que fará o pagamento no mês de janeiro do próximo ano, quando cairá 15% nos recursos da educação no Fundeb. Fábio Teixeira disse ainda que entende a situação dos professores, que estão no uso de seus direitos, e disse que vem fazendo todos os esforços possíveis para garantir o pagamento de todos os direitos dos professores em dias e que não deve mês.

5 respostas para “Professores devem fazer paralisação de advertência na próxima semana em São Vicente Ferrer”

  1. não temos mais sorte
    agora querem colocar o filho de cabo freitas
    pra cobrir a divida dos 26 milhões
    gente são vicente não tem mais jeito

  2. Só lembrando que exitem outros débitos com relação aos aosds,vigilantes,o pessoal da administração e o pessoal da saúde são os q mais sofrem.. .tem 3 terço d férias atrasads ds operacionais uma parcela atrasada d salário ,sem falar q os cntratados estão todos atrasadissimos.E e essa história de pagar só em janeiro é mais um golpe como tidos os outrs,só enrrlação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *