Prefeito de São Bento manda aplicar multa de quase um milhão e fecha cerâmica do seu principal opositor, Dino Penha

Na última quarta-feira, 25, a Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de São Bento, administrada pelo prefeito Luizinho Barros, fechou uma cerâmica do seu principal opositor e líder nas pesquisas para prefeito no próximo ano, Dino Penha.

Dino e seus trabalhadores cruzaram os braços em São Bento

A decisão está sendo vista na cidade como perseguição política, visto que Dino é o principal opositor do prefeito. Há 15 dias, técnicos da Secretaria de Meio Ambiente foram visitar a cerâmica e pediram alguns documentos, informando que voltariam, sem notificar. Esta semana, eles voltaram novamente e o proprietário ainda estava levantado todos os documentos.

Com isso, eles interditaram a cerâmica e aplicaram uma multa de 800 mil reais a serem pagos pelo dono, Dino Penha. O motivo, segundo o documento de auto de infração, é que a empresa não tinha licença ambiental para operar com origem de madeira. Porém em São Bento existem diversas cerâmicas desse modelo e todas estão nesta mesma situação, segundo colheu o Blog do Jailson Mendes.

Além disso, nenhuma delas sofreram qualquer visita da Secretaria de Meio Ambiente e nem foram fechadas, o que reforça a tese de que trata-se de uma perseguição política. A empresa é a maior desse ramo em São Bento e emprega quase 100 pais de famílias diretamente, além disso comerciantes do ramo já reclamam, pois o valor do tijolo poderá aumentar.

Há informações também de que aliados do prefeito já estariam comentando que a cerâmica seria fechada antes mesmo das visitas da Secretaria de Meio Ambiente. Vídeos dos trabalhadores, encaminhados ao blog, mostram a situação que está sendo repudiada pela população da cidade.

Os trabalhadores reclamaram da interdição e reforçaram que é uma perseguição política do prefeito Luizinho Barros. “Isso é uma injustiça que prejudica todos nós que temos famílias e mais os outros que dependem da gente. Ao invés dele mandar dá emprego, ele faz é tirar”, disse um dos trabalhadores da cerâmica.

Outro lado

Antes da publicação desta matéria, o Blog do Jailson Mendes tentou conversar com o prefeito de São Bento, Luizinho Barros e alguns secretários municipais. Novamente, nenhum deles retornou ou responderam as indagações feitas pelo blog para comentar o caso.

6 respostas para “Prefeito de São Bento manda aplicar multa de quase um milhão e fecha cerâmica do seu principal opositor, Dino Penha”

  1. Todo povo tem o governo q merece, por isso q São Bento vive no atraso, por eleger um ditador zinho vagabundo, q só pensa em enriquecer cada vez mais, sem pensar no povo do seu município. Qdo esse povo abrirá os olhos?

  2. Tá bom do Secretário do Meio Ambiente dar uma olhada tbem na antiga Usina de Asfalto do Sr prefeito q fica localizada no Grajaú, pq está causando um grande problemas para os moradores q criam animais, a mesma fica derramando resto de breu e animais ficam presos sem poder se movimentar, inclusive já perdemos vários animais lá… não estou defendendo nenhum político, só estou relatando este fato, pq estamos sendo prejudicados, já q estão falando em irregularidades…

  3. Tá bom da Secretaria do Meio Ambiente dar uma olhada tbem na antiga Usina de Asfalto do Sr prefeito q fica localizada no Grajaú, pq está causando um grande problemas para os moradores q criam animais, a mesma fica derramando resto de breu e animais ficam presos sem poder se movimentar, inclusive já perdemos vários animais lá… não estou defendendo nenhum político, só estou relatando este fato, pq estamos sendo prejudicados, já q estão falando em irregularidades…

  4. Quando vejo os nossos campos quase todo cercado até pensava que não existia a secretaria de meio ambiente.já que existi quando vai tirar as cercas dos nossos campos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *