Pastores evangélicos agem e prefeito de Viana desiste de cobrar cultos realizados nas vias públicas

Pastores evangélicos anunciaram agora há pouco que o prefeito da cidade de Viana, Magrado Barros, decidiu não cobrar mais as taxas que estavam sendo feitas durante os cultos nas vias públicas. Hoje pela manhã, o Blog do Jailson Mendes publicou a notícia de que a prefeitura estava cobrando até 350 reais por culto.

Pastores de Viana em frente ao prédio da prefeitura

Segundo uma mensagem confirmada por representantes do prefeito, ele se reuniu com vários pastores evangélicos após a péssima repercussão da informação. Ainda segundo as informações, Magrado teria dito que as taxas não são exclusivas para as igrejas e sim para todas as pessoas que usarem a via pública.

Além disso, o prefeito explicou que a lei não foi de autoria dele, mas documentos encaminhados ao Blog do Jailson Mendes comprovam que é uma Lei Municipal de número 489 de 2018, que dispõe sobre o Sistema Tributário Municipal e as Normas Gerais de Direito Tributário aplicáveis ao município de Viana, e assinada pelo atual prefeito.

Após a péssima repercussão, o gestor voltou atrás e manteve as igrejas evangélicas fora da cobrança. Ainda segundo os pastores, Magrado enviará para a Câmara de Vereadores extinguindo a cobrança para os cultos nas ruas. Vejam o vídeo espalhado nas redes sociais…

Uma resposta para “Pastores evangélicos agem e prefeito de Viana desiste de cobrar cultos realizados nas vias públicas”

  1. esse jailson só pode tá ganhando alguma coisa, puxando saco de carrinho cidreira. tu não conhece gente vingativo e mal… hahahahahahah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *