Publicidade

Comarca de São Vicente Ferrer divulga resultados de julgamentos

| 0 comentários

A Comarca de São Vicente Férrer divulgou os resultados da série de júris realizada no final de julho na unidade judicial. As sessões do tribunal do júri ocorreram nos dias 24, 25, 26, e 27 de julho e tiveram como réus Paulo Benedito Serrão, Ednilson Cardoso Martins, Paulo César Santos Souza, e José Leandro. Os julgamentos foram presididos pelo juiz Bruno Barbosa Pinheiro, titular de São Vicente Férrer.

No julgamento o dia 24 o réu foi Paulo Benedito Serrão, acusado de ter tentado contra a vida de Vicente de Paulo Gomes, a golpes de canivete. O crime ocorreu em março de 2012, nas proximidades da Fazenda Cinco Marias, em Cajapió, termo judiciário de São Vicente Férrer. De acordo com a denúncia, o acusado estava inconformado com o fim do relacionamento que mantinha com Maria da Conceição, atual companheira de Vicente. Paulo Benedito foi condenado à pena definitiva de 12 anos e 9 meses de reclusão.

No dia 25, o réu foi Ednilson Cardoso Martins. Ele estava sendo julgado pela tentativa de homicídio  praticado contra Cenira Maranhão Pereira. A vítima era companheira do acusado. Consta na denúncia que Ednilson suspeitava de traição por parte de Cenira. No dia 1o de agosto de 2011, a vítima chegou em casa, já sendo recebida a golpes, socos e pontapés desferidos pelo acusado. Em seguida, ele colocou uma faca na garganta de Cenira, dizendo aos filhos que iria matá-la. Ato contínuo, ele a atingiu com um golpe e fugiu. O crime foi desqualificado para lesão corporal grave, tendo o réu recebido a pena de 2 anos, 2 meses e 20 dias de reclusão, a ser cumprida em regime semiaberto.

O réu do dia 26 foi Paulo César Santos Souza, acusado de crime de homicídio praticado contra José Raimundo Abreu, em agosto de 2016. Consta na denúncia que o acusado matou a vítima a golpes de faca e o réu alegou legítima defesa, afirmando ter sido agredido a golpes de cabo de machado. Paulo César foi considerado culpado e recebeu a pena de 16 anos de prisão, a ser cumprida inicialmente em regime fechado.

O último julgamento da série, ocorrido dia 27, teve como réu José Leandro Everton Serra. Ele estava sendo acusado de prática de homicídio praticado contra José Raimundo Serra Diniz. O inquérito policial relata que o crime ocorreu em junho de 2014, no Povoado São Lourenço, localidade de Cajapió, termo judiciário da comarca. A vítima foi encontrara morta, apresentando golpes de faca no rosto e na nuca. José Leandro foi considerado culpado pela morte de José Raimundo e recebeu a pena de 17 anos e 3 meses de reclusão, a ser cumprida em regime fechado, inicialmente.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.