Após 10 dias, vereadores de Vitória do Mearim são liberados pela Justiça

A Justiça mandou soltar quatro vereadores de Vitória do Mearim agora a noite. Eles foram presos na última quarta-feira, 5, acusados de pedir propina para barrar uma CPI contra a gestora do município, Dídima Coelho.

Parlamentares foram presos durante uma operação do Gaeco

Segundo as informações chegadas ao Blog do Jailson Mendes, um desembargador do Tribunal de Justiça acatou um pedido de habeas corpus ingressado pela defesa dos parlamentares, sob a alegação de que já teria cessado o efeito da decisão que mandou prendê-los.

Foram soltos os vereadores Hélio Wagner Rodrigues Silva, Oziel Gomes da Silva, Mauro Rogério Pires, José Mourão Martins. O vereador Benoa Marcos Rodrigues Pacheco chegou a ser preso na operação, mas foi solto por problemas de saúde no mesmo dia.

O vereador Marcelo Silva Brito foi preso no dia seguinte à primeira operação e deve ser liberado apenas amanhã, quando completa 10 dias de prisão. Aliados dos políticos comemoraram a soltura e criticaram o marido da prefeita Dídima Coelho.

Reveja todas as notícias referentes ao assunto…

Gaeco e Polícia Civil cumprem cinco mandados de prisão temporária contra vereadores de Vitória do Mearim

Aliados de Dídima Coelho comemoram prisões de vereadores em Vitória do Mearim

Vice nega acordo com vereadores de Vitória do Mearim e diz que quem manda na prefeitura é o marido da prefeita

Após marido mandar prender vereadores, prefeita de Vitória do Mearim diz que não teme impeachment

https://jailsonmendes.com.br/promotora-pede-e-justica-prorroga-prisao-dos-vereadores-de-vitoria-do-mearim-por-mais-5-dias/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *