Polícia prende investigado que prestou apoio a bandidos que mataram vigilantes de banco em Vitória do Mearim

A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras – DCRIF/SEIC, prendeu na manhã de hoje (2), na cidade de Vitória do Mearim, em cumprimento a mandado de prisão, mais um suspeito de prestar apoio aos bandidos que mataram dois vigilantes de banco no município, em agosto deste ano.

Crime aconteceu em agosto

O suspeito foi identificado pelas iniciais de O. J. M. e está sendo apontado como um dos que prestou apoio ao latrocínio ocorrido durante a tentativa de roubo ao Banco do Bradesco, onde dois vigilantes foram mortos e uma cliente gravemente ferida. A polícia não divulgou fotos.

Durante operação foi apreendida certa quantidade de drogas e dinheiro, ocasião em que O. J. M. também foi autuado pelo crime de tráfico de drogas. Após os procedimentos legais, o preso foi encaminhado para a Central de Custódia em Viana, onde ficará à disposição da justiça.

Prisões

Em outubro, na cidade de Conceição do Lago Açu, a polícia prendeu um suspeito de ter dado todo o suporte aos bandidos que assaltaram o banco, identificado como Estefesson Reis Pereira, de 30 anos. Ele é suspeito de fornecer armas e dar fuga aos quatro bandidos envolvidos na ação criminosa em Vitória do Mearim.

No início do outubro, a polícia prendeu um dos envolvidos no assalto durante uma operação em Paço do Lumiar. Antes disso, no fim de setembro, outro acusado de participar do crime foi preso em Imperatriz, e no começo do mês um terceiro bandido foi morto em confronto com a Polícia Militar de Arari.

O crime

O caso aconteceu na agência do Bradesco. Segundo a polícia, criminosos armados tentaram assaltar o banco e mataram dois vigilantes da agência, identificados como Edson Nascimento Lima, de 40 anos, Kessio Carlos Fernandes Ribeiro, e ainda atiraram na cabeça de uma jovem conhecida como Yara, de 31 anos, que felizmente não morreu.

A polícia informou que quatro bandidos participaram diretamente desse ato criminoso. Eles chegaram à cidade seguindo um carro-forte que foi abastecer a agência. Após o veículo deixar o local, os bandidos invadiram a agência e anunciaram o roubo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.