Polícia encontra oficina de armas clandestinas em Penalva e ponto de adulteração de motos roubadas em Matinha

Nesta sexta-feira, 07, a Polícia Militar da Regional de Viana realizou grandes operações nas cidades de Penalva e Matinha, que resultaram em fechamentos de oficinas clandestinas de armas e motos e recuperação de veículos. Ao todo, cinco pessoas foram presas durante as operações.

Pontos clandestinos de desmanches de motos e produção de armas foram estourados

Penalva

Em Penalva, três pessoas foram presas acusadas pelos crimes de comércio ilegal de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo. As prisões aconteceram durante patrulhamento ostensivo na cidade e as informações dão conta de que a fabricação irregular das armas funcionavam no interior da oficina de um ferreiro. Com eles foram encontradas 19 canos de espingardas, três coronhas, duas caixas de ferrolhos e nove espingardas montadas.

Logo depois, foi realizada busca pessoal no segundo acusado, Wilton de Jesus, onde encontraram um revolver calibre 38, com cinco munições. Depois, um dos homens denunciou um outro suspeito que também seria fabricante de arma de fogo. A guarnição se deslocou para o endereço do denunciado e, ao chegar na oficina, o suspeito já teria se evadido.

Após uma revista no local, foram encontrados diversas armas de fogo de fabricação caseira, dentre: rifles e espingardas, bem como materiais utilizados para a fabricação dos armamentos, além de munições. Por fim, ambos foram presos e todo o material foi apreendido e apresentado da Delegacia Regional de Viana.

Matinha

Em Matinha, por volta das 11 horas, a equipe Força Tática realizava rondas nas imediações do centro, quando a guarnição avistou uma motocicleta, marca FAN 150, de cor preta, de placa 0805, com sinais de adulteração. Diante da fundada suspeita, foi realizado uma abordagem, sendo realizado a consulta do veículo no sistema INFOSEG, onde constatou-se que o mesmo estava adulterado.

Ressalta-se que, no sistema, o motor não constava como sendo da referida motocicleta, bem foi verificado que o chassi havia sido remarcado. Por sua vez, foi perguntado ao suspeito sobre o veículo, este afirmou que, em conjunto com outros dois homens, adulteravam veículos oriundos de roubo e os comercializavam, como sendo legais.

Diante das informações repassadas, a equipe conseguiu capturar mais um dos suspeitos, além de uma outra motocicleta FAN 150, de cor vermelha, sem placa, com visíveis sinais de adulteração e diversos materiais utilizados para a prática criminosa. Por fim, foi dado voz de prisão, e ambos foram conduzidos e apresentados, sem lesões corporais, na Delegacia Regional de Viana, para as providencias cabíveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *