Agora lascou: estão criando pintos dentro do hospital de Matinha

Pintos estão sendo criados dentro do hospital

O Hospital Municipal de Matinha, além de não ter medicamentos, falta de médicos e profissionais dos diversos setores, estão criando pintos dentro das dependências da unidade hospitalar.

De acordo com as informações, as fotos foram tiradas hoje pela manhã e retratam o descaso com a saúde pública em que os cidadãos matinhenses estão vivendo com a atual gestão municipal, comandada por Beto Pixuta.

Os moradores já não conseguem mais viver com tanto abandono e a situação só piora a cada dia na cidade de Matinha. Quem precisa de um atendimento, não encontra na unidade nenhum profissional e muito menos os medicamentos necessários a um bom funcionamento.

Essa é uma preocupação da prefeita eleita, Linielda de Eldo, que terá que ver a saúde como uma das principais prioridades de sua gestão que inicia já no dia primeiro de janeiro do próximo ano. Aliás, essa foi uma das propostas mais discutidas durante a campanha vitoriosa de Linielda.

Ao blog, testemunhas que tiraram as fotos disseram que a situação dentro do Hospital Municipal é de calamidade pública e que as autoridades precisam urgentemente atentar para esta situação. Enquanto isso, nenhuma resposta foi dada pela gestão.

Constantemente o administrador desta página tem buscado informações por parte de quem estão administrando a cidade, bem como secretários municipais, mas estes nunca responderão às nossas indagações. O blog fica a disposição, mais uma vez, para um possível direito de resposta.

Folha de SJB

6 respostas para “Agora lascou: estão criando pintos dentro do hospital de Matinha”

  1. Estamos cuidando um pouco do hospital, em outras áreas, mesmo não sendo nossa função. Por exemplo, a grama tava toda morrendo. Estamos molhando à noite, mesmo cansado, após atendimentos e cirurgias, porque os funcionários não o fazem! O portão de entrada, sumiu uma peça misteriosamente! Mandamos fazer e colocar no lugar, pra que tenhamos mais segurança aqui, já que os vigias, concursados, faltam mais do que dão plantão! E estamos limpando a área externa, mesmo aos poucos…

  2. Amigo Jailson, estou de plantão desde anteontem no Hospital de Matinha. E acabei de fazer um parto normal…Realmente, não tá 100%, mas estamos fazendo cirurgias, partos, atendendo urgências e emergências clínicas e cirúrgicas. Não muito diferente do que das outras cidades da região!

  3. Jailson Mendes, você é um homem sem integridade e moral, recebe dinheiro de políticos para fazer publicações. Elogia ou critica asperamente quando recebe dinheiro para isso; tão somente já deve ter fechado um compromisso de publicidade com a prefeita eleita de Matinha e por isso critica o Beto que perdeu. Você é como um parasita, que se mantém de um ser vivo enquanto ele pode te oferecer sustendo e abrigo, depois que ele morre tu o abandona e procura outro para matar. Ver se cria vergonha!

    1. Kkkkk…faltou dizer que eu abandonei Beto rapa. Esse moço nunca trocou uma só palavra comigo. Nunca nos falamos…mas público sim as matérias contra ou a favor de sua gestão, que por sinal já está em tempo de sair…e vai sair como um dos piores prefeitos da história dessa cidade.

      Mas eu neste blog sempre me coloquei a disposição do prefeito, pra colocar suas respostas a algumas matérias sobre a sua administração. Sempre botei está página a vontade, mas ele e nem seus assessores nunca me procuraram e pelo contrário, fui bloqueado por alguns secretários deles pra eu não perguntar nada.

      Quanto a prefeita eleita Linielda, não tenho nada firmado até agora. Eles sempre me mandam informações de sua campanha, mas desafio ela ou quaisquer um do grupo dela a provar que recebeu ou recebo alguma coisa pra postar matérias…

      Trabalho desde 2009…e aí em Matinha não tem um político pra dizer que recebi ou recebo alguma coisa. Desafio…

      E quanto às agressões de tua parte, fica pra ti. Pra mim não servem de nada.

      Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *