EXCLUSIVO: GILVAN NEGA ENVOLVIMENTO NO CASO THIAGUINHO

Thiaguinho
O suspeito de participação na morte do jovem Thiago Nery em março do ano passado, Gilvan Ferreira, continua preso na Delegacia de Polícia de São João Batista. O advogado dele, Fábio Pinto, já pediu habeas corpus para soltá-lo, mas até agora, o Blog não tem notícias de que a liminar saiu. Gilvan Ferreira foi preso no começo do mês a pedido do juiz Sidney Cardoso, de São Bento.

O Blog Folha de SJB entrevistou o advogado do acusado. Fábio Pinto disse que já pediu um habeas corpus em São Luis e que aguarda a decisão. Perguntado sobre a participação de Gilvan Ferreira, o advogado disse que o argumento usado para pedir a prisão de seu cliente foi sem fundamento e que aguarda o resultado do habeas corpus protocolado no final do ano passado.

Em entrevista ao Blog, Fábio Pinto disse que “ele, Gilvan Ferreira, é suspeito de ser o mentor intelectual da morte de Thiago Nery, de acordo com a Polícia de São Bento e que devido a isso o delegado representou pela prisão preventiva dele e o juiz deferiu, só que estamos aguardando o resultado do habeas corpus”. O advogado de defesa de Gilvan Ferreira ainda disse que o depoimento usado para pedir a prisão de seu cliente é contraditório. 

“Para falar a verdade o fundamento que o delegado utiliza é apenas baseado no depoimento apenas de um preso…o outro ainda não foi preso, o suposto assassino, então ele disse que o Gilvan apenas teria falado com o assassino foragido para assaltar Thiago e o que está preso serviu para atrair ele até o local do crime. De acordo com o depoimento do preso Thiago estava levando uma carga de droga para entregar em São bento no valor de 2.400, reais que essa droga foi entregue e thiago pegou o dinheiro”, disse Fábio Pinto.

O advogado disse que Gilvan Ferreira negou seu envolvimento. “Meu cliente disse que não conhece esse cidadão (o acusado que envolveu seu nome no crime), nunca tinha ouvido falar em seu nome e que isso é uma armação para tentá-lo incrimina-lo”, disse Pinto afirmando que acredita plenamente na inocência do seu cliente.

No final do ano passado, o delegado de São João Batista, Ricardo Garcês deu entrevista ao Blog Folha de SJB afirmando que Gilvan Ferreira é acusado de ser co-autor do crime que vitimou Thiaguinho Nery. Mais informações a qualquer momento sobre o Caso Thiaguinho Nery, morto em São Bento no ano passado.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *