ALUNOS DO PROJOVEM TRABALHADOR VOLTAM A RECLAMAR DAS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DO PROGRAMA

The image “https://i2.wp.com/www.alvovirtual.com/nw/img/editor/projovem.jpg?resize=199%2C200” cannot be displayed, because it contains errors.
Mais uma vez, os alunos do ProJovem Trabalhador de São João Batista reclamaram das péssimas condições do programa do Governo Federal. Na cidade, existem cerca de 120 alunos que estão sendo capacitados em 04 cursos escolhidos pela Prefeitura Municipal de São João Batista.
Os cursos oferecidos são de Construção e Reparos, Educação Física, Turismo e Alimentação. Além do péssimo estado de conservação em que se encontra a escola Ateniense, local onde os alunos estão estudando, outros fatores estão contribuindo para a desistência de alguns alunos.
A falta de materiais adequados para o funcionamento dos cursos, a bolsa prometida, de 100 reais, ainda não chegou. Nem o cartão ainda não foram confeccionados. Segundo o coordenador do ProJovem Trabalhador, Dennis Abreu, o problema é da Fundação Gomes de Sousa, responsável pela execução do programa no Maranhão, que ainda não enviou as fichas com as presenças dos alunos.
Outro fator destacado pelo coordenador, foi a perda de todos as fichas que os professores mandaram para a instituição. Isso está impedindo o Governo Federal de confeccionar os cartões dos alunos. Ainda segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, os cartões serão feitos em Brasília. Ela destacou ainda que o mais importante é a qualificação e o certificado dos alunos. Mais informações no Twitter da Agência SJB- @agenciasjb
EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB

2 respostas para “ALUNOS DO PROJOVEM TRABALHADOR VOLTAM A RECLAMAR DAS PÉSSIMAS CONDIÇÕES DO PROGRAMA”

  1. MEU FILHO TEM 20 ANOS E PARTICIPA DO JOVEM APRENDIZ, FAZ CURSO NO SENAC E TRABALHA NO SUPERMERCADO MATEUS, ELE TEM LIMITAÇÕES POIS JA FEZ TRES CIRURGIA NO OSSO DO FEMUR, O TRABALHO NO MATEUS É MUITO INTENSO PARA ELE, POIS ELE NAO PODE CARREGAR PESO E NEM FICAR MUITAS HORAS EM PE, MEU FILHO ENTENDE DE INFORMATICA E PODERIA SER UTIL EM OUTRO SETOR, VISTO QUE EU PEDI PARA ELES COLOCAREM ELE EM UM SETOR COMPATIVEL COM SUAS LIMITAÇÕES, MAIS SO FOI ACEITO NO PRIMEIRO MOMENTO, AGORA ELE VOLTOU PARA AREA DE REPOSITOR, E SENTE DORES IMENSAS QUANDO CHEGA, GOSTARIA DE SABER SE ESTE PROGRAMA ESTA VOLTADO PARA O ESFORÇO BRAÇAL E NAO PARA O ESFORÇO MENTAL E QUE CRITERIO ELE USAM PARA MANTER O JOVEM COM LIMITAÇÕES NESSE SETOR, JUSTIFIQUEI PARA ELES QUE AINDA NAO TENHO O LAUDO CONFIRMANDO ESTE PROBLEMA MAIS POR UMA QUESTAO DE BOM SENSO DEVERIAM ANALISAR POIS MEU FILHO JA FICOU ATE NA CADEIRA DE RODA 06 MESES, FICO TRISTE EM PENSAR QUE A QUALQUER MOMENTO ELE IRA ABANDONAR DEVIDO AS DORES, MAIS NAO POSSO SACRIFICA-LO, TENHO TODOS OS RX E EXAMES CONFIRMANDO OS REAIS PROBLEMAS . MEU FILHO É ASSIDUO NO CURSO E NO TRABALHO, SO FALTA MESMO QUANDO ESTA SENTINDO DORES…PERGUNTO QUAL A POSSIBILIDADE DE UM REMANEJAMENTO PARA UM SETOR MAIS AMENO POIS DESEJARIA QUE ELE CONTINUASSE PARA CONCLUIR O CURSO QUE ELE MESMO PAGA DE AUTOMAÇÃO INDUSTRIAL E IRA TAMBEM CURSAR FACULDADE DE CIENCIAS DA COMPUTAÇÃO NO ANO DE 2015 PELO FIES NA FACULDADE PITAGORAS. PRECISAMOS MUITO DO COMPLEMENTO DESSA RENDA POIS SOU ARRIMO DE FAMILIA E SO TENHO ELE DE FILHO. MORO A RUA SAO LUIS-N.91 A SACAVEM EM SAO LUIS-MA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *