TURMA RECURSAL QUE ATENDE MUNICÍPIO DE SÃO JOÃO BATISTA TEM NOVO JUIZ

O juiz Anderson Sobral Azevedo foi titularizado na Turma Recursal Cível e Criminal de Pinheiro. Ele assinou o termo na manhã desta segunda-feira (14), na sede da Corregedoria Geral da Justiça, nas presenças da corregedora-geral, desembargadora Nelma Sarney, e do juiz Mário Márcio de Almeida, à disposição da Corregedoria.
“Vejo esse desafio de integrar a turma como algo motivador. É uma grande responsabilidade porque vou substituir o juiz Júlio César “Vejo esse desafio de integrar a turma como algo motivador. É uma grande responsabilidade porque vou substituir o juiz Júlio César Prazeres, que foi quem ajudou na instalação da Turma Recursal de Pinheiro, bem como deu toda uma dinâmica de trabalho à unidade judicial, mas tenho certeza que darei o meu melhor”, destacou o magistrado.
Anderson Sobral é o titular da 1ª Vara de Pinheiro, comarca na qual está há cinco anos. Ele já passou pelas comarcas de Matinha e Governador Nunes Freire, como titular. “Como juiz substituto, atuei em Imperatriz, Açailândia, e quase todas as comarcas da Baixada Maranhense”, observou.
]
A Turma Recursal Cível e Criminal de Pinheiro foi instalada em 27 de junho de 2013, e abrange as comarcas de Pinheiro, Bacuri, Bequimão, Candido Mendes, Carutapera, Cedral, Cururupu, Governador Nunes Freire, Guimarães, Matinha, Maracaçumé, Mirinzal, Olinda Nova do Maranhão, Penalva, São Bento, São João Batista, Santa Helena, Santa Luzia do Paruá, São Vicente de Ferrer, Turiaçu e Viana.
A unidade é composta pelos juízes Lavínia Helena Macedo (presidente) e Sidney Cardoso Ramos, tendo na suplência os magistrados Mário Márcio de Almeida Sousa e Rodrigo Costa Nina. Com informações do Blog do Vandoval Rodrigues.
Termo de uso
Política de moderação de comentários: O autor Jailson Mendes mantém a qualidade, atualidade e autenticidade das informações por ele apresentadas no presente blog, mas não se responsabiliza por informações/opiniões de terceiros. Ao comentar neste blog, você assume toda a responsabilidade pelo conteúdo postado. O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *