Sem delegado, funcionários reclamam de falta de pagamentos e presos são transferidos da Delegacia de São João Batista

| 3 Comentários

A Delegacia de Polícia de São João Batista está sem delegado titular há meses, após a transferência de Rodrigo Alonso. Além disso, familiares de presos denunciaram a falta de coleta de lixo e não pagamento de funcionários do prédio, como carcereiros, zeladores e vigias.

Fotos enviadas ao blog dão conta de que não está havendo coleta de lixo permanente e algumas sacolas estão jogadas no interior da Delegacia de Polícia Civil. Na semana passada, presos foram transferidos para a Delegacia Regional de Viana, a pedido da Secretaria de Segurança Pública.

Cerca de 6 detentos foram transferidos, mas o motivo ainda não foi divulgado. Em conversa com o Blog do Jailson Mendes, o delegado Rodrigo Alonso informou que foi transferido para a Regional de Pinheiro e que neste momento, a delegacia de São João Batista está sendo assistida pelo delegado Dr. Mário.

Também em conversa com o blog, Dr. Mário confirmou a transferência dos presos, mas disse que ainda não tem previsões para ser titularizado um novo delegado. Já sobre a falta de pagamento, o secretário de Articulação Política do prefeito de São João Batista, Eduardo Dominici disse que não há salários em atrasos.

Ele informou que conversou com a empresa responsável pelo pagamento deles e eles disseram não haver pagamentos em atrasos e que o lixo está sendo recolhido diariamente.

Folha de SJB

3 Comments

  1. Uma correção: a responsabilidade toda é do Governo do Estado

  2. Isso pode ser chamado de Delegacia, Parece ser uma pocilga.

  3. Me disseram que esse delegado que saiu gostava muito de dá licença para festa.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.