Publicidade

Secretarias de Educação de Matinha e São João Batista paralisam em ato contra cortes no Fundeb

| 1 Comentário

As secretarias de Educação das cidades de Matinha e São João Batista paralisaram suas atividades nesta sexta-feira, dia 14 de julho. O ato é contra os cortes do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb nas cidades do Maranhão.

A medida atinge também as cidades de Olinda Nova do Maranhão, Cajapió, São Vicente Ferrer e Penalva, além de vários outros municípios do Maranhão.  A manifestação se denominou o dia “D” do pedido de socorro a educação do Maranhão e pede anistia ao saldo negativo do ajuste do fundo, já descontado nos repasses deste mês de todas prefeituras.

Além disso, os secretários de educação querem a imediata implantação do custo aluno qualidade inicial (CAQI). A estratégia do Plano Nacional de Educação estabeleceu que o CAQi deveria ser implantado em todas as redes públicas municipais e estaduais com apoio financeiro do governo federal, em até dois anos a partir da promulgação da Lei, o que deveria ter acontecido até junho de 2016, devendo contemplar as condições e os insumos materiais e humanos mínimos para que os professores consigam ensinar e para que os alunos consigam aprender com qualidade.

Ainda de acordo com o manifesto divulgados pelas secretárias Ana Lúcia Moreno e Zilda Cantanhede ao blog, assinado pelas secretárias de educação do Maranhão, a partir dos motivos acima explanados, as Secretarias Municipais de Educação reivindicam, neste ato de paralisação que ocorrerá dia 14/07/2017 a Anistia do saldo negativo do ajuste do Fundeb descontados no repasse de 2017 e Imediata implantação do custo aluno qualidade inicial (CAQI).

Perdurando o débito e a não implantação do CAQI, as redes escolares serão paralisadas a partir de 8 de agosto de 2017. Além das secretarias de Matinha e São João Batista, outros secretários das cidades que o blog acompanha devem aderir a manifestação.

Folha de SJB

One Comment

  1. Parem de comprar “quentinhas”, que sobrará dinheiro pra educação de Matinha.
    Até rimou.
    Pra bom entendedor…

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.