Réu é condenado a 16 anos de reclusão por homicídio qualificado em São Vicente Ferrer

| 0 comentários

Em sessão realizada em 26 de junho, o Tribunal do Júri de São Vicente Férrer condenou o réu Raimundo Nonato Santos Pinheiro (conhecido como Nonato de Ilso) a 16 anos de reclusão pelo homicídio qualificado de José do Livramento Souza (mais conhecido como Zé de Dadi).

O crime foi executado em junho de 2009. Quando a vítima aguardava um transporte ao povoado Curva para trabalhar na roça, foi surpreendida pelo réu com golpes de facão.

Raimundo Pinheiro foi enquadrado no artigo 121, parágrafo 2º, inciso IV, do Código Penal (Decreto-lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940).

Atuou no júri a promotora de justiça Alessandra Darub Alves. A sentença é do juiz Francisco Bezerra Simões.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.