Publicidade

REATIVADO O CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO RURAL SUSTENTÁVEL DE SÃO JOÃO BATISTA

| 0 comentários

O Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável foi reativado em São João Batista. A pedido do prefeito Amarildo Pinheiro, foram eleitos os novos membros do órgão que irão ficar até 2016. O encontro foi realizado na última sexta-feira, no Gabinete do Prefeito, e contou com a participação de representantes do Poder Público e da Sociedade Civil Organizada.
Novos membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável
Estavam presentes o secretário chefe de Gabinete, Assis Araújo; o secretário de Agricultura, Zé de Beija, o secretário de Pesca e Meio Ambiente, Serginho Castro; a representante da Defesa Civil e coordenadora de Políticas de Igualdade Racial, Ana Márcia; e representantes de diversos seguimentos da Sociedade Civil  e de organizações financeiras, como o Banco do Brasil, de São João Batista. Foi eleito Zé de Beija para presidir o conselho durante dois anos.
De responsabilidade da Secretaria Municipal de Agricultura, comandada pelo titular Zé de Beija, o conselho deve estabelecer diretrizes e prioridades para as políticas públicas de desenvolvimento sustentável do Município de Prudentópolis, com foco em políticas ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis e promover a agricultura familiar de modo a proporcionar seu aumento de capacidade de produção, de geração de empregos, de melhoria de renda e de qualidade de vida da família do produtor rural, através de melhor organização do segmento na defesa de seus interesses, em consonância com o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e com o Plano Diretor do Município.
São outras atribuições do colegiado: Deliberar sobre aplicação dos Recursos dos Programas de âmbito Municipal, Estadual ou Federal que objetivem o desenvolvimento rural sustentável, bem como apoiar e fiscalizar a implantação e execução destes programas; Deliberar sobre a elaboração de pesquisas e diagnósticos participativos para o Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável, diagnósticos das potencialidades do município, definindo prioridades e necessidades da população e estabelecer procedimentos e as maneiras operativas para execução dos projetos prioritários, deflagrando as ações indispensáveis ao desenvolvimento sustentável das comunidades segundo as suas potencialidades; Promover ações para o Desenvolvimento Rural Sustentável que incluam critérios de conservação e preservação do Meio Ambiente; Servir como Fórum de debates de Programas e questões relativas ao Meio Rural e Aprovar as diretrizes orçamentárias para o Orçamento Municipal no que tange à Secretaria da Agricultura.
Folha de SJ

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.