Professora da Baixada Maranhense está entre 50 finalistas do Prêmio Educador Nota 10

O Prêmio Educador Nota 10, maior e mais importante prêmio da Educação Básica Brasileira, já tem seus 50 finalistas. A lista, revelada no último sábado (6), conta com um projeto de São Bento, na Baixada Maranhense. Francilda Fonseca, da escola municipal Santa Bárbara, está na disputa pelo título da 22ª edição. Foram quase cinco mil projetos inscritos, que passaram pelo olhar criterioso da Academia de Selecionadores no último mês.

Professora de São Bento é finalista e fica entre as 50 melhores do país

A professora Francilda Fonseca, natural da cidade de São Vicente Ferrer, está entre os 50 melhores professores do Brasil e é a grande finalista do Prêmio Professor Nota 10, criado em 1998 pela Fundação Victor Civita e que, desde 2014, realiza a premiação em parceria com Abril, Globo e Fundação Roberto Marinho e visa premiar as melhores experiências dentro da sala de aula no país. Confiram AQUI a lista dos projetos aprovados.

O projeto escolhido foi ‘Sarilho: a história vira cena’, desenvolvido pela disciplina História, comandada pela professora. Em uma comunidade rural, remanescente de quilombos, que vive da pesca e da produção de farinha de mandioca, os alunos foram incentivados a estudar a história local formando uma pequena companhia de teatro. O grupo de crianças de diferentes idades, que participam voluntariamente, escreve e encena suas próprias peças depois de fazer pesquisas sobre o povoado, as casas de farinha e seus equipamentos e entrevistas com os trabalhadores.

‘O teatro é um recurso valioso na medida em que a representação da realidade possibilita o distanciamento necessário para analisá-la de modo reflexivo e por isso a estratégia da professora Francilda é interessante. Ao planejar suas encenações, a turma pode despertar para a importância do cotidiano, percebendo que o indivíduo faz história enquanto vive. Além disso, desenvolveu um sentimento de pertencimento, identidade e valorização de aspectos históricos de São Bento, dos sujeitos locais e da influência de culturas como a negra e a indígena’, de acordo com o release divulgado pelo projeto.

Professora com alunos do ‘Santa Barbara’

Francilda é formada em História pela Universidade Estadual do Maranhão e presta serviços nos municípios de São Bento e Cajapió, além de ser uma das fomentadoras e fundadora dos Fóruns de Juventude na Baixada Maranhense. “Para mim é uma honra muito grande divulgar as experiências exitosas desenvolvidas na nossa região, no município de São Bento e mais especificamente na Escola Municipal Santa Bárbara. Acredito que essa é uma oportunidade para que a docência seja vista como um caminho incrível a ser trilhado”, comentou a professora.

Ela também destacou que seu projeto foi escolhido entre quase 5 mil inscritos e agradeceu sua equipe e familiares. “Desde que eu era pequena eu lia nas revistas da minha mãe (que também é professora), informações sobre o Prêmio Educador Nota 10, eu sentia vontade de um dia participar. O trabalho na Cia Sarilho, na Escola Municipal Santa Bárbara foi tão envolvente e significativo que eu sentir vontade de compartilhar. Escrevi o meu relato, dentre os 4876 inscritos o Projeto Sarilho: a História vira cena conseguiu ficar entre os 50 melhores do país. É uma honra muito grande representar a Escola Municipal Santa Bárbara, meus alunos , que são minha fonte de inspiração diária, meus colegas de trabalho em especial meu diretor Jailson. Obrigada a todos que acreditaram”, concluiu.

O prêmio

O Prêmio Educador Nota 10 é dividido em três fases. Na primeira delas, são escolhidos 50 finalistas, que devem ser anunciados no início de julho. Entre eles, são selecionados os dez vencedores da edição e, por fim, o(a) Educador(a) do Ano, reconhecido em evento de premiação em setembro, em São Paulo. Cada um dos premiados ganha um vale-presente no valor de R$ 15 mil, além de todas as despesas pagas para participar de uma semana de imersão e da cerimônia de premiação.

O Educador do Ano, escolhido pela Academia de Jurados, recebe outro vale-presente no valor de R$ 15 mil. As escolas dos professores vencedores também ganham uma verba para a celebração. O Prêmio Educador Nota 10 foi criado em 1998 pela Fundação Victor Civita que, desde 2014, realiza a premiação em parceria com Abril, Globo e Fundação Roberto Marinho. O prêmio reconhece e valoriza professores da Educação Infantil ao Ensino Médio, além de coordenadores pedagógicos e gestores escolares de escolas públicas e privadas de todo o país.

O Educador Nota 10 tem o apoio da Nova Escola, Instituto Rodrigo Mendes e Unicef, e também conta com o patrocínio da Fundação Lemann e da SOMOS Educação. Desde o ano passado, é associado ao Global Teacher Prize, prêmio global de Educação realizado pela Fundação Varkey.

8 respostas para “Professora da Baixada Maranhense está entre 50 finalistas do Prêmio Educador Nota 10”

  1. É uma excelente profissional! Compartilho da alegria ,é professora do meu primogênito filho,tenho sentido o efeito de seu trabalho para com ele.Parabéns e felicidades Francilda Fonseca!!!Que Deus abençoe sempre esse dom.

  2. Parabéns professora, dedicada, competente e compromissada com o ensino aprendizagem dos educandos da Escola Municipal Santa Bárbara, localizada na zona rural essa vitória é de uma grande relevância mostrando que a educação rompe as barreiras.

  3. Todo ser humano é dotado de um volumoso potencial, muitas vezes o que nos falta simplesmente é uma importante, senão a mais importante de todas as ferramentas, o próprio ser humano, e neste contexto ele se retrata através desta nobre professora que está desempenhando com maestria o exercício para o qual foi abalizada.
    Obrigada, professora Francilda, por fazer a diferença na vida do seus alunos, na sua comunidade, em nosso Torrão, chamado São Bento.👋👋👋🤝

Deixe uma resposta