Publicidade

Prefeitura convoca 17 excedentes do concurso de 2015 em São João Batista

| 9 Comentários

Promotor Felipe Rotondo e o prefeito João Dominici

O prefeito de São João Batista, João Dominici, assinou um edital de convocação para empossar 17 excedentes do Concurso Público de 2015. São oito professores nas áreas de Ensino Fundamental, seis professores do Ensino Infantil, um de Língua Portuguesa, um de matemática e um professor de Língua Inglesa. Mesmo assim, outros excedentes esperam ainda pela posse determinada pelo juiz da cidade.

O edital, enviado pela assessoria jurídica do gestor ao blog, diz que todos terão que se apresentar com 30 dias, na sede da Prefeitura Municipal a partir da data de publicação do edital, que foi assinado no dia 08 de março. A convocação faz parte da decisão liminar do juiz de São João Batista, que obrigou o prefeito a chamar todos os aprovados no concurso, a pedido do Ministério Público.

O magistrado decidiu anular as contratações realizadas sem atenção às disposições legais, procedendo com a demissão dos servidores contratados de forma precária, no prazo improrrogável de 60 (sessenta) dias e determinar que o município se abstenha de realizar novas contratações temporárias para cargos para os quais existam candidatos aprovados, dentro ou fora do número de vagas no certame público já homologado.

Além disso, Ivis Monteiro mandou que eventuais cargos vagos e demandas por servidores na esfera do executivo municipal somente sejam supridas pela nomeação dos candidatos aprovados dentro ou fora do número de vagas ofertadas no último concurso público de São João Batista para supostos cargos vagos objetos do Projeto de Lei 001/2017, devendo, necessariamente, o ente municipal, observar a ordem de classificação do certame; e que, na hipótese de eventuais cargos não serem supridos pelos aprovados no concurso público de 2015, o município realize a contratação temporária de profissionais mediante processo seletivo.

Folha de SJB

9 Comments

  1. Parabéns ao joao do campo pela responsabilidade e compromisso com suas prerrogativas constitucionais. Só falta agora fazer as licitações sem ROLO. E só deixar eduardo de fora disso. Esse é doente por dinheiro público.

  2. O Ministério Público, não havia feito uma recomendação ao prefeito João Dominici, par qui ele exonera- se os seus parentes até o terceiro grau.
    Pelo visto O Ministério Publico tá dando corda para ele si enforcar. Os parentes do prefeito São Paulo Henrique Dominici, Sobrinho, Secretario de Agricultura, Rogério Dominici, sobrinho, Secretario de Finança, Eduardo Dominici, filho, sua principal função, Articulando desvios dos recursos público. Qual o principal motivo de João Domonici, não estar recuperando as estradas no Município, já sei ou talvez imagino qui seja os Fantasma, qui esteja lhe impedindo de fazer ao pelas estradas da nossa querida S.J.B. ?

  3. Esse Eduardo Dominici é um verme que veio para terminar de acabar com o Município de São João Batista.

    • carlinho,quem vei pra acabar com São João Batista, foi o povo mesmo, e que são grandes responsáveis por toda essa desmanda, joão dominici só pediu uma oportunidade e o povo deu. agora tão se lamentando pra todos os cantos.

  4. Te amo João Dominici ????

  5. Só quero saber se valma vai ficar recebendo seguro defeso.kkkkk

  6. Mas gente o Tales Pinheiro não jó tinha sido empossado na administração do aloprado do amarildo.

  7. Pela quantidade de “dobras” dadas aos professores que tem somente uma matrícula,João Dominici deveria chamar mais excedentes . São mais de 100 dobras,que na prática é o mesmo contrato, todas com salário acima de mil reais.E a secretária de educação falando que o orçamento não dá pra ter mais concursados. E as dobras, como são pagas?

  8. Alguém sabe informar quando acontecerá a posse desses convocados?

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.