Publicidade

Prefeito envia projeto à câmara para regularizar carga horária de professores em São João Batista

| 8 Comentários

O Poder Executivo enviou hoje aos vereadores um projeto para regulamentar a o aumento da carga horária do professores de São João Batista. Se aprovado na Câmara Municipal de Vereadores, professores poderão trabalhar até 40 horas semanais. O projeto chegou hoje e foi aprovado um requerimento de urgência para a aprovação da mudança e deve, ainda, entrar na pauta da próxima semana.

Prefeito João Dominici e o presidente da câmara, vereador Assis Araújo

De acordo com o presidente da casa, vereador Assis Araújo, se trata de um projeto que dispõe sobre o Plano Carreiras, Cargos e Salários do Magistério Municipal e altera o artigo 41 da Lei Municipal 004/1998, para estender a jornada de trabalho por período não superior a 40 horas semanas. Ainda segundo os projetos, os critérios para essa mudanças ficarão a cargo da Secretaria Municipal de Educação e é opcional.

Se aprovado, os professores que trabalham por 20 horas semanais poderão trabalhar agora por até 40 horas, o que já vem acontecendo, já que a Secretaria Municipal de Educação está dando gratificação para quem dobrar sua carga horária. Na prática, o projeto pode dificultar a entrada de novos professores no atual quadro. Hoje também o prefeito enviou um projeto acrescentando a inclusão de uma nutricionista no projeto de Seletivo aprovado pela câmara.

Excedentes

No mesmo passo que o Governo quer aumentar a jornada de trabalho, a Semed está convocando 15 professores do Concurso Público de 2015, obedecendo uma decisão liminar do juiz Ivis Monteiro que mandou João Dominici empossar todos os aprovados no concurso de 2015.

O argumento utilizado para a posse apenas de 15 é que não há necessidade tendo em vista o atual quadro de professores do município. O edital de convocação desses 15 profissionais está afixado no mural da prefeitura.

Folha de SJB

8 Comments

  1. Para mim a maior decepção que já tive votando nesse cidadão, não quer o bem do município.Eu estou de olho se contratarem professores eu denunciarei ao MP já que dizem que não há necessidade de tantos professores.

  2. a politicagem anda solta” novos políticos praticas antigas” , E só observar que foram os convocados, pra que mais professor de educação infantil, porque estavam alegando excesso de professor dea educação Infantil ” Junior de Fabricio fez acordo politico para chamar esposa de um dos vereadores, E jJoão Dominice, atraves de sua Secretaria de Educação não está fazendo diferente , e só observar último convocado da educação infantil parente de quem do meio político “Presidente da Camara” ?, enquanto a necessidade em outro nível .
    Secretária! Erros podem custar caro.

  3. Esse j Dominici e um louco , está perdido , fazer o que é pra fazer , ele n faz

  4. Esse João Dominici pregava mudança é muita experiência como gestor, tá fazendo muito pior do que os outros, tá mais perdido do que tudo, esses Vereadores e nada, é os piores dos últimos tempos, só interesses​ próprios.

  5. Existe a possibilidade de divulgarem essa lista de convocação no site?

  6. Mais professores em educação infantil e as outras áreas não precisa?Vão acabar com o que resta de São João Batista é só da uma olhadinha na Praça do Centro da cidade e senti a” fragrância”que exala. E ficam iludindo os tolos dizendo que o promotor não deixa o prefeito trabalhar kkkkkk faça- me rir.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.