Prefeita de São Vicente Ferrer assina convênio com o Governo do Estado para pagar despesas do carnaval 2018

| 6 Comentários

Conceição assinou convênio

A prefeita de São Vicente Ferrer, Conceição Castro, assinou esta semana um convênio com o Governo do Estado do Maranhão para cobrir as despesas gastas com o carnaval do município. A assinatura foi realizada na sede da Secretaria de Estado da Cultura.

De acordo com a gestora, o carnaval de São Vicente Ferrer teve o apoio direto do Governo do Estado e serão enviados os recursos para pagar as despesas realizadas com o período momesco.

Ao blog, Conceição Castro disse que poucos municípios conseguiram que convênios fossem assinados com o Governo do Estado e diante da situação em que se encontra o município, ela não sacrificou os cofres da cidade para bancar o carnaval.

A prefeita disse ainda que com esse convênio, deverá sanar todas as despesas e que trabalha para que as demais áreas, como pagamentos de funcionários e reforço na educação e saúde, avancem em São Vicente.

Folha de SJB

6 Comments

  1. Convênio para pagar despesas retroativas?
    Pode?

    • José Antônio, convênios São firmados para cumprir um objeto estabelecido entre os convenentes. Jamais para cobrir despesas de um objeto já realizado.

  2. Mais é o que a própria pref.informou pagar despesa do carnaval.mas até ontem os prof.não iniciaram as aulas porque seus salários estão atrasados, na realidade educação não é prioridade.porque quando temos pensamos, ouvimos,enchergamos melhor.

  3. esse secretario de educação esta acabando com a gestão da prefeita,sai fora carniça…

  4. CADE A EDUCACAO? E OS PAÍS E AS FAMILIAS QUE NAO ESTAO.MUITO NEM SI PARA E EDUCACAO. POLÍTICO SO QUER O DINHEIRO DO FUNDEN, PROFESSOR SEU SALARIO E CONDICOES DE TRABALHO. E OS PAÍS NO AI PARA SEUS FILHO. SABE QUANDO TENEMOS EDUCACAO? QUAND O OS PAÍS LUTAREM PELA EDUCACAO DE SEUS FILHO E COBRAR ESTAS GANGUES QUE ROUBAM AS PREFEITURAS .

  5. Pagar despesas de carnaval. E de onde eles tiraram dinheiro pra pagar as bandas? Principalmente de onde saiu a grana pra pagar a radiola de reggae do primeiro dia? Será que tocaram de graça e deixaram empenhada pra receber depois? Dá p explicar? Que absurdo enquanto isso escolas fechadas e alunos sem aula.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.