Por falta de provas, Justiça Federal manda soltar dois suspeitos de dá suporte ao assalto dos Correios de Matinha

| 0 comentários

Por falta de provas, a Justiça Federal do Maranhão mandou soltar dois suspeitos de terem dado suporte aos assaltantes que entraram na Agência dos Correios de Matinha e mantiveram pelo menos 16 pessoas como reféns. O assalto foi destaque em todos os jornais e mídias eletrônicos do estado e teve a participação de várias corporações policiais.

Presos durante a operação policial já estão soltos / Fotos: PM

A decisão é do juiz federal Luiz Régis Bonfim Filho, que não viu elementos convincentes da participação de Herbet dos Santos Costa e de Francimar Costa Travassos. De acordo com as informações policiais, Herbeth, que é vigilante da agência, e Francimar, teriam facilitado a ação dos assaltantes, que continuam preso.

Eles foram apontados como participantes do crimes pelos também acusados, Fabiano Rozeno Oliveira de Sousa e Raniery Rego Cantanhede, que continuam presos. Segundo a Justiça Federal, eles não foram pegos cometendo o crime e nem com objetos que possam ser levados em consideração para que a prisão continuasse.

A decisão foi enviado ao Blog do Jailson Mendes por familiares. O magistrado também considerou ilegal a prisão de ambos e mandou que fossem soltos ontem pela manhã, 24 de fevereiro. Por essa razão, eles já estão soltos e responderão ao processo em liberdade.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.