Publicidade

População e prefeito discutem segurança alimentar durante conferência em Cajapió

| 0 comentários

Prefeito, secretários e a população discutiram a atual política de segurança alimentar na cidade de Cajapió. O debate foi durante a II Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional, que aconteceu na delegacia sindical do povoado Boa Esperança, com a participação da sociedade civil organizada, agricultores familiares, secretários municipais e o prefeito Dr. Marcone.

O objetivo do evento, realizado pelo Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional, foi para avaliar a política de segurança alimentar em Cajapió, a partir da Conferência de 2015, analisando os processos realizados e apontando diretrizes futuras, dentre outras discussões. O tema da conferência, “comida de verdade no campo e na cidade”, trouxe para a plenária a apresentação de todas as ações que hoje o governo liderado pelo prefeito Dr. Marcone desenvolve no município, entre eles o PNAE e PAA, que além de fomentar agricultura familiar, abastecem programas e projetos sociais em escolas, CRAS, hospital e entidades.

“A nossa missão é que o conselho acompanhe todas as ações do governo que envolva a alimentação, como Escolas, centros de acolhimento e outras instituições que sejam beneficiadas com as políticas publicas para segurança alimentar em Cajapió”, explicou Reinaldo Avelar, presidente do Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional.

Comprometido com o bem estar das pessoas, o prefeito Dr. Marcone não tem medido esforços para combater a insegurança alimentar. Pa ele, as políticas públicas para garantir uma alimentação de qualidade para população estão sendo todas colocadas prática. “Hoje nosso público principal foram os agricultores familiares, que são os mais importantes fornecedores do governo municipal”, disse o prefeito durante a abertura da conferência.

Ainda segundo ele, todos os investimentos estão sendo feitos no sentido de garantir o apoio também a agricultura familiar. “Por isso estamos fazendo investimentos pesados na área da agricultura, pois entendemos que saída dessa crise econômica de nosso país começa pelo setor primário, começa pela agricultura. Por isso vamos continuar incentivando o empreendedorismo no campo, os produtores da agricultura familiar, para que aumentem sua produção e continuem fornecendo ao governo do município e a população em geral”, finalizou o prefeito de Cajapió. Ascom, com edição.

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.