POPULAÇÃO DESTRÓI CERCAS ELÉTRICAS NO POVOADO ALEGRE

Cerca de 40 homens dos povoados Alegre, Coqueiro, Maravilha e Enseada Funda se reuniram neste sábado e destruíram diversas cercas elétricas, que estavam impedindo que os moradores pescassem nos campos e lagos da região. De acordo com as informações passadas ao Portal Folha de SJB, os moradores pediram ajuda da polícia, mais polícia se recusou, por falta de leis específicas. A ação derrubou cercas elétricas que cercavam os campos dos povoados e pôs fim à um dos graves problemas da Baixada Maranhense, que são as cercas elétricas nos campos. A operação foi realizada apenas no povoado Alegre, mais já tem data marcada para acontecer também nos povoados vizinhos. O assunto é bastante polêmico e já está sendo discutindo em diversas esferas de poder.
Cercas elétricas e búfalos: problemas que afligem a Baixada Maranhense / Foto: Portal Folha de SJB / Povoado Coqueiro – SJB
No ano passado, o deputado Jota Pinto informou que a Assembleia Legislativa aprovou um requerimento de sua autoria, pedindo a realização de uma audiência pública com a Comissão de Meio Ambiente da Casa, com o objetivo de discutir a preservação da Baixada Maranhense e o problema das cercas elétricas que tomam conta dos campos.  O parlamentar informou que percorreu a Baixada Maranhense e viu que praticamente quase todos os campos da região tomados pelas cercas, principalmente as eletrificadas que põe em risco a vida da população. “Temos os campos mais belos do Brasil. Mas, lamentamos que a maioria desses campos estão praticamente cercados e até hoje ninguém tomou providência”, afirmou.
Para discutir o problema, foram convidados para a audiência pública representantes da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), da Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, do Ministério Público Federal do Maranhão (MPF/MA), da Agência Reguladora Agropecuária do Maranhão, do Instituto Chico Mendes, da Delegacia Patrimônio da União (DPU) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). Para Jota Pinto, os campos da Baixada não têm dono, pois pertencem à União e ao Estado. Segundo ele, o cidadão baixadeiro vive reclamando da ocupação dos campos e pedindo providências. “Vamos apresentar um projeto de preservação dos campos da Baixada Maranhense na Assembleia Legislativa”, adiantou.
Na avaliação de Jota Pinto, depois de aprovado pela Assembleia e sancionado pela governadora Roseana Sarney, seu projeto tornará possível cobrar das autoridades competentes as devidas providências para garantir o direito dos baixadeiros, que querem apenas ir e vir e pescar nos campos da Baixada Maranhense, sem correrem o risco morrerem eletrocutados nas cercas.
Folha de SJB
Termo de uso
Política de moderação de comentários: O autor Jailson Mendes mantém a qualidade, atualidade e autenticidade das informações por ele apresentadas no presente blog, mas não se responsabiliza por informações/opiniões de terceiros. Ao comentar neste blog, você assume toda a responsabilidade pelo conteúdo postado. O autor deste blog reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal / familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós..

One Response to POPULAÇÃO DESTRÓI CERCAS ELÉTRICAS NO POVOADO ALEGRE

  1. Unknown says:

    Demorou para que alguém tomasse uma posição sobre essa situação! Os ricos se acham dono de tudo.
    Valeu Pessoal O que Deus fez é para todos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *