Polícia Militar prende foragido de Pedrinhas em São João Batista

Acusado / Foto: PM

A Polícia Militar prendeu na noite deste domingo, 27, um foragido do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na cidade de São João Batista. A operação foi comandada pelo novo sargento e comandante da PM do município, Márcio.

Segundo informou a polícia ao Blog do Jailson Mendes, foi cumprido um mandato de prisão preventiva contra Fernando Rocha Sousa. Ele foi abordado pelos policiais na Praça de Eventos, após denúncia de que o acusado estava no local.

Após levarem o homem à Delegacia de Polícia de São João Batista, a polícia disse que foi constatado que ele tem várias passagens pela polícia e é foragido de Pedrinha, com prisão decretada por abuso de confiança, durante uma saída temporária.

O acusado estava morando no povoado Laranjal e foi levado para a Delegacia Regional de Viana e será entregue, novamente, ao complexo de Pedrinhas.

Blog do Jailson Mendes

4 respostas para “Polícia Militar prende foragido de Pedrinhas em São João Batista”

  1. Bom primeiramente eu só acho que você deveria se informar mas antes de publicar qualquer coisa no seu blog, até por que não é só por que ele é um forajido que torma ela pior do que ninguém, vc não conhece meu pai direito pra tá falando que ele é um forajido.
    E outra se ele foi preso tudo bem ele tem que pagar pelo que ele fez, mas não é por isso que você tem o direito de falar assim dele, até por que QUEM SOMOS NÓS PARA JULGAR NOSSO PRÓXIMO, Não é mesmo.

    1. Minha cara, tô publicando informações passadas pela polícia. Se tiver alguma coisa errada, que você acione a polícia ou então use o seu direito de resposta. Fico a disposição pra publicar na íntegra. Meu número é 984123226

  2. Esse com certeza é só um dos vários que andam por aqui…
    Quem estava acobertando ele também deveria ser levado.
    Todo mundo sabe que SJB,virou casa para esses marginais que encontram aqui o lugar ideal para se esconderem,ou melhor ” curtirem,porque não se sentem incomodados andam pelas ruas tranquilamente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *