Polícia Civil investiga morte de vaqueiro ‘Gudinho’, na cidade de Viana

| 0 comentários

A Polícia Civil de Viana, a 217 km de São Luís, está investigando o caso do vaqueiro Augusto Belfort, de 63 anos, que saiu de casa para cuidar do gado em uma fazenda às margens da MA-314, na zona rural do município e foi encontrado morto 24 horas depois.

Segundo a polícia, Augusto Belfort, que também era conhecido como “Gudinho”, saiu de casa na manhã de segunda-feira (4) para tomar conta do gado no campo e não voltou para o almoço. Preocupados, os familiares decidiram procurá-lo com a ajuda de um grupo de vaqueiros que também trabalham nas redondezas.

Ainda de acordo com a polícia, as buscas foram suspensas na noite de segunda (4) e retomadas na madrugada de terça (5) quando Augusto Belfort foi encontrado morto. No corpo da vítima havia duas perfurações que parecem ser arma de fogo, conforme os policiais.

O corpo de Augusto Belfort foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), na capital, para que sejam realizados exames para comprovar se as marcas encontradas na vítima são de tiros ou não. A polícia está apurando o caso e conversando com pessoas na região, a fim de saber quais motivos levaram ao homicídio dele.

A polícia está aguardando o resultado de um laudo cadavérico para ter a confirmação se Augusto Belfort foi assassinado. Ele era muito conhecido na cidade de Viana por ser um amante da vaquejada. Ele deixa mulher e mais quatro filhos. G1.

Blog do Jailson Mendes

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.