Pela 47ª vez consecutiva, Bigurrilho comanda apresentação da Turma do Salgueiro em São João Batista

| 3 Comentários

Bigurrilho comandou a apresentação do bloco

Pela 47ª vez, o maior incentivador da cultura de São João Batista, Bigurrilho, comandou a apresentação da única escola de samba ainda existente na cidade, a Turma do Salgueiro. Quem esteve na cidade, pode apreciar e relembrar um dos momentos mais marcantes neste carnaval e ficou constatado que, sem a escola Turma do Salgueiro, o carnaval joanino não é o mesmo.

Foi assim que os foliões puderam relembrar os bons e antigos carnavais aqui na cidade de São João Batista neste ano. Como sempre, este ano o bloco não se apresentou no domingo pela gravidade em que se encontrava o organizador do bloco. Bigurrilho esteve internado durante toda a semana, mas teimou com os médicos e saiu do hospital para comandar o mais tradicional bloco da região, que é a Turma do Salgueiro.

E assim foi. No domingo de carnaval, o Salgueiro arrastou uma multidão pela Avenida Getúlio Vargas, deixando de boca aberta os foliões que viram a brincadeira passar. Mesmo debilitado, Bigurinho não deixou a peteca cair e acompanhou a brincadeira de dentro de um carro enfeitado, sentado numa cadeira. “Foi a melhor apresentação que o nosso Salgueiro fez”, arrematou Bigurinho, visivelmente emocionado em entrevista e quase sem falar.

Destaque especial paras as Baianas, comandadas por Maria Vitória. “São poucos os componentes, mas na hora de entrar na avenida o bloco toma corpo e enche de gente. É uma verdadeira multidão faz do Salgueiro da Beirada, a melhor escola de samba de todos os tempos”, disse Tulengo, um dos membros.

São 47 anos de apresentações, sem deixar um ano sequer a avenida sem a escola de samba. Sempre com o mesmo percusso, o Salgueiro fechou com chave de ouro o período e Bigurrilho, que chorou por diversas vezes durante as apresentações. Este ano, o bloco teve o apoio especial da Família Figueiredo dos Anjos, que doou as camisas, calças e chapéus, a quem Bigurrilho agradeceu imensamente pelo apoio recebido diretamente ao Carlos, Pará e Joaquim Figueiredo.

Apoio

Além da Família Figueiredo dos Anjos, o antropólogo João Damasceno organizou um bloco, chamado ‘Bloco do Bigurrilho’, que arrecadou ajuda financeira para a família e ajudar no tratamento do incentivador da cultura de São João Batista. “Nossos agradecimentos a todos vocês e pessoas que nos ajudaram como Piá Figueiredo, Salvador Aurélio, Persia Figueiredo, Penha, Zeca de Sacico e o nosso organizador também do bloco, Jailson Mendes”, finalizou o filho dele, Indinho.

Folha de SJB

3 Comments

  1. O salgueiro foi a atração que mais atraiu foliões e simpatizantes em nosso carnaval.parabéns ao Bigurrilho que mesmo doente comandou a.turma do salgueiro na Sapucaí de s.j.b.belíssimo desfile.

  2. ei alguem sabe o site pra ver os videos de carnaval

  3. Muito Bom Carnaval do povo em são joão Batista.não fui mais vi as fotos muito legal

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.