MORRE AOS 92 ANOS, DONA CELÉ MINEIRA

| 3 Comentários

Celé Mineira / Foto: Ana Márcia

Morreu na manhã deste sábado, aos 92 anos, a ilustre joanina Celecina dos Santos Serra, conhecida por todos em São João Batista como Dona Celé Mineira. De acordo com as informações familiares, o enterro será amanhã.

Dona Celé Mineira foi uma grande joanina, mãe de seis filhos, entre eles o suplente de vereador Marú e do ex-candidato a vereador, Cristóvão. Era uma das grandes donas de terreiros de minas da nossa cidade, de onde veio seu apelido.

Além disso, Dona Celé era uma das principais incentivadoras da cultura joanina. Vítima de diabetes, ala morreu hoje pela manhã, no Hospital Regional de Pinheiro, e o corpo está vindo para o povoado Arrebenta, São João Batista, onde será velado.

Em nota o prefeito Amarildo Pinheiro, o ex-prefeito Luiz Figueiredo e o Fórum da Juventude lamentaram a morte da ilustre joanina. Ela participou do filme ‘Liberdade Passarinhos’, produzido pelo Fórum da Juventude em 2009, sob a direção da jornalista Giselle Bossard, do Instituto Formação.

Dona Celé morreu aos 92 anos / Foto extraído do vídeo ‘Liberdade Passarinhos’

Folha de SJB

3 Comments

  1. A dona Celé gostava muito de mim e eu tambem gostava dela.Que ela descanse em paz.que o espírito natalino envolva todos os familiares dando o consolo.Os meus pêsames a todos da família.Ana Márcia Araújo.

  2. Poxa ki Deus console tda família neste momento tao delicado!!!! Ki descanse em paz Dona Cele..

  3. Mais, uma grande figura que se foi, embora sabemos que nao viveremos para sempre, mas lamentamos a morte de dona cele, pois poderia ter uma atençao melhor ainda em vida, por parte da saude local, que nen ambulancia tinha pra leva-la ao hospital de pinheiro, e a maior frustaçao e indignaçao nisso tudo, que se fosse a familia das autoridades de sjb. Talvez providenciariam imediatamente o seu transporte a um hospotal mas equipado ate a capital. Mas nada disso foi providenciado, por que se tratava de uma familia pobre e que nen o combustivel foi sedido pela prefeitura, pq o limite ja tinha cido estourado pelo governo local, segundo o dono do posto . Alem de tudo o que mais causa indignaçao, foi a postura do proprio prefeito, em um momento de desespero da familia de dona cele, em diser que poderia ajuda-los apenas com 100, reais. mas com serteza, a farra estaria sendo feita com dinheiro publico, na confraternizaçao dos vereadores, vamos ve que ele bancou tudo, alem de tudo nao teve a minhima concideraçao com o seu companheiro e escravo maru, messe momentode sofrimento, ainda vem a publico lamentar a morte de dona cele.
    A dona cele, que Deus, tenha piedade de seus pecados e que ela descance em paz.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.