Morre aos 45 anos a ex-supervisora escolar Doque, de São João Batista

| 4 Comentários

A cidade de São João Batista perdeu mais uma professora em pouco menos de uma semana. Na madrugada de hoje, por volta das três horas, a ex-supervisora escolar Raimunda Emília Santos, conhecida popularmente como Doque.

Ela é filha da aposentada Juvenilha Santos, com quem morava no centro da cidade. Segundo os familiares, por volta das duas horas de hoje ele teve fortes dores de cabeça e foi levado ao Hospital Municipal. De lá, ela foi encaminhada para São Luis, mas não resistiu, com as complicações, e faleceu.

O óbito foi registrado em Olinda Nova do Maranhão e a ambulância voltou com o corpo. Doque tinha uma filha, era formado em Magistério Superior pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) e tinha 45 anos. Ela trabalhou como professora no povoado Beirada e recentemente esteve como supervisora.

A professora deixa uma filha. O corpo está sendo velado na casa de sua mãe, próximo à Praça da Matriz, e deverá ser enterrado amanhã, no Cemitério Municipal de São João Batista. Na foto abaixo, ela aparece com amigos e amigas durante caminhada que fazia diariamente.

Folha de SJB

4 Comments

  1. Que o Senhor conforte a todos da familia

  2. Ñ é enterrado como vc diz e sim sepultada o coreto ….

  3. Não é coreto e sim correto. Entendeu !

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.