Publicidade

MAIS DE 750 JOVENS ESTARÃO NA III CONFERÊNCIA ESTADUAL DE JUVENTUDE

| 1 Comentário

Ampliar o espaço democrático para as discussões das políticas públicas de juventude e o diálogo entre o governo Flávio Dino e os jovens maranhenses. Esse é o principal objetivo da 3ª Conferência Estadual de Políticas Públicas de Juventude, que ocorrerá nos dias 29 e 30 de novembro, em São Luís. Coordenada pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e pela Secretaria de Estado Extraordinária de Juventude (Seejuv), a 3ª ConfJuv/MA tem como tema “As várias formas de mudar o Maranhão e o Brasil”. As conferências de juventude atraíram aproximadamente 16 mil jovens em todas as etapas, elegendo 750 delegados e delegadas para a etapa estadual.

Conferências de juventude atraíram aproximadamente 16 mil jovens em todas as etapas

Após um longo processo iniciado no mês de julho, com a convocação da Conferência, por meio de decreto do Governo do Estado, e a partir daí com a promoção das conferências municipais e territoriais, é chegada a hora da realização da etapa estadual, que além de debater e eleger as prioridades em políticas públicas para a juventude maranhense, também tem caráter preparatório para a 3ª Conferência Nacional de Juventude, elegendo 43 delegados para a etapa nacional, que será realizada de 16 a 19 de dezembro em Brasília.

A secretária Tatiana Pereira destacou a participação ativa dos jovens de cada município que realizaram conferência municipal no Maranhão, bem como a pluralidade de rostos e vozes nos debates. “Nosso processo de conferência contou com a ampla participação de jovens de todo o Maranhão, o que já representa um marco para democratizar os espaços de debate das políticas públicas de juventude, e revelando a pluralidade da participação engajada dos rostos de uma juventude que se une para construir as bases de um Maranhão mais justo, que resgate a dignidade dos jovens e das jovens maranhenses”, ressaltou Tatiana.

Quantidade e diversidade

Desde o mês de agosto até o fim do mês de outubro, quando se encerrou o prazo para a realização das etapas municipais, atingiu-se a marca histórica de 80 conferências municipais e 5 conferências territoriais, executadas em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário. Dos 80 municípios que realizaram conferências, 58 fizeram pela primeira vez, o que evidencia o êxito do trabalho de mobilização do governo Flávio Dino para que o maior número de cidades maranhenses participasse do processo.

Somando os municípios que realizaram etapas municipais e os que participaram das etapas territoriais, mais de 100 cidades maranhenses foram mobilizadas nesse processo, que atraiu aproximadamente 16 mil jovens em todas as etapas, elegendo 750 delegados e delegadas para a etapa estadual, possibilitando um amplo debate e participação sobre o que a juventude quer para o seu município, para o Maranhão e para o Brasil.

Em todos os municípios, a principal marca das conferências foi a diversidade, com a presença de representantes dos povos tradicionais, jovens rurais, indígenas, pessoas com deficiência, LGBT, étnico-racial, bem como movimentos partidários, estudantis, sindicais, mulheres, religiosas e outros.

3ª ConfJuvMA

A solenidade de abertura da3ª Conferência Estadual de Políticas Públicas de Juventude ocorrerá às 8h30min do dia 29 de novembro (domingo), no auditório do Centro Pedagógico Paulo Freire, na Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – Campus do Bacanga. São aguardadas mais de 800 pessoas, entre delegados, convidados e ouvintes.

Após a solenidade de abertura, o evento terá, ainda, os grupos temáticos com discussões sobre os 11 eixos de direitos do Estatuto da Juventude, plenárias livres e atividades culturais. Paralelo às atividades da conferência, vários serviços serão oferecidos às juventudes através da ‘Cidade da Juventude’, que consistirá em um conjunto de vários estandes de órgãos públicos, como o Viva Cidadão, com a emissão de documentos, o Tribunal Regional Eleitoral, com informações sobre alistamento eleitoral, a Secretaria de Estado do Trabalho e Economia Solidária (Setres), com informações sobre vagas de estágio e emprego, entre outros.

Folha de SJB

One Comment

  1. Kkkkkkkkkk..so bobagem

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.