Jornalista da Record é morto em Cajapió após denunciar roubo de gado

| 0 comentários

João Domingos era jornalista em Brasília

João Domingos França Costa, nasceu em Cajapió, no Maranhão, e todos os anos passava férias em sua cidade natal com familiares. Sempre foi muito visitado quando aqui chegava. Jornalista, trabalhava na afiliada da TV Record, em Brasília, e tinha uma propriedade na cidade de Cajapió. Sempre que aparecia por lá em férias aproveitava para contar o gado que vinha criando.

Neste mês, veio ao Maranhão no dia 12 para participar do aniversário de sua genitora, que será comemorado no dia 30 de janeiro. Antes, havia discutido com umas pessoas que estariam roubando seu gado. Domingos, como era mais conhecido em Cajapió, estava quinta-feira, dia dia 14, deitado em uma rede no quintal de sua casa, com a filha mais nova, de apenas dois meses de idade.

Ele se levantou para tomar um copo de água. Disparos de uma moita dentro do quintal ecoaram. Domingos caiu morto. Os bandidos fugiram e ninguém sabem precisar quem são eles. A polícia acredita que o caso tenha relação com o roubo de gado que ele vinha denunciando a cada passagem por sua terra natal.

O pior de tudo é que não existe delegado em Cajapió, o prédio da delegacia passa a maior parte do tempo fechado, e apenas dois policiais militares são visto na cidade. Lamentável!

Folha de SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.