Joanino, desembargador José Jorge Figueiredo será homenageado pela Assembleia Legislativa

| 11 Comentários

José Jorge ao lado do pres. do TJ, José Joaquim

O desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos (foto abaixo) será homenageado pela Assembleia Legislativa com a concessão da Medalha do Mérito Legislativo “Manuel Beckman”, conforme o Projeto de Resolução Legislativa nº 046/18, de autoria do deputado Othelino Neto, presidente da Casa.

O deputado Othelino Neto – autor da proposição legislativa para a concessão da honraria – disse que a homenagem ao desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos é mais do que justa, tendo em vista os relevantes serviços prestados pelo magistrado à sociedade, à Justiça e ao Estado do Maranhão, ao longo de sua brilhante carreira na Magistratura.

Natural do Município de São João Batista (MA), o desembargador José Jorge Figueiredo dos Anjos nasceu no dia 03 de setembro. Filho de Liberino Santos dos Anjos (in memorian) e Aldeíde Figueiredo dos Anjos, foi servidor do Tribunal de Justiça do Maranhão de 1977 a 1981. Exerceu, entre os anos de 1982 e 1987, o cargo de Delegado da Polícia Civil do Estado do Maranhão. Em 1987, foi nomeado para o cargo de Juiz de Direito do Poder Judiciário do Maranhão, tendo atuado nas Comarcas de São Luiz Gonzaga do Maranhão, Viana e Caxias.

No ano de 1997 foi promovido ao cargo de Juiz Auxiliar da Capital, passando a atuar nos Juizados Especiais, Varas Cíveis e Criminais. Foi promovido para o cargo Juiz Titular da 3ª Vara da Fazenda Pública de São Luís, em 2004. Entre os anos de 2007 e 2011, atuou como Juiz Auxiliar da Corregedoria Geral de Justiça. De 2012 a 2013, atuou como membro efetivo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, exercendo, em 2013, o cargo de Ouvidor daquela Corte Eleitoral. Foi de sua iniciativa a Resolução nº 8373/2013 que dispõe sobre o Serviço de Informação ao Cidadão no âmbito do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão nos termos da Lei nº 12.527/2011.

No ano de 2015 figurou pela terceira vez consecutiva na lista tríplice, por merecimento, ao cargo de Desembargador do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão. Em sessão plenária administrativa no 13 de dezembro de 2017 foi aclamado Desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão pelos membros da Corte, por já ter figurado três vezes consecutivas na lista tríplice e ter sido eleito, por merecimento, Desembargador Substituto, em 2016, ficando apenas aguardando a oportunidade de uma nova vaga para acessar ao cargo.

Possui Especialização em Ciências Criminais pela Universidade CEUMA – UNICEUMA e Direito Constitucional pela Unidade de Ensino Superior Dom Bosco – UNDB. Recebeu as seguintes condecorações: Medalha dos Bons Serviços “Bento Moreira Lima”, pelos 10 anos de Magistratura; 20 anos de Magistratura; e 30 anos de Magistratura. Ao acessar o Tribunal de Justiça do Maranhão, foi condecorado com a Medalha Especial do Mérito Cândido Mendes. Também recebeu a Medalha de Mérito “Ministro Arthur Quadros Collares Moreira”, pelos notáveis serviços prestados ao Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Maranhão; e Medalha do “4º Centenário de São Luís”, pelos serviços relevantes prestados à cidade de São Luís.

Folha de SJB

11 Comments

  1. Esse povo recebe muito bem, as vezes até mais do que merece, pelo seus serviços mensais além dos penduricalhos adicionais mensais e ainda são agraciados com honrarias. NÃO FAZEM MAIS DO QUE A OBRIGAÇÃO. Ou então nobre deputado faça uma lista e enumere as ações que o homenageado praticou, elaborou ou criou que, realmente, justifique tal honraria para que muitos não fiquem pensando que se trata de puro oportunismo político de sua parte.

    • Marcinho, não pedir que o Deputado faça lista ou enumere ações. Procure estudar que saberás o motivos de tantas Agraciações. Inveja é um dos sete pecados.

      • É exatamente isso que eu e muitos queríamos saber: quais os motivos? e já que a senhora, Dona Maria, se auto nomeou defensora dos interesses alheios e particulares sobrepostos aos públicos, deveria responder ao tempo que me manda fazer o que já fiz a vida toda e continuo fazendo por questões profissionais e pessoais: ESTUDAR, ESTUDAR E ESTUDAR.

  2. Todos sabem o que esse povo quer e como estão agindo infiltrando dentro de todas as secretarias e prefeitura seus espioes para acabar com o governo e usam o bode do piaui pra divulgar que pena que vocês ja foram descobertos e o resultado sera nas urnas esse sonho teu inútil que veio baguncar sao joao batista nunca será realizado.

  3. Dor de cotovelo? Faça o mesmo, estude que vc também irá receber suas honrarias.

  4. Gente, como pode ter tanta inveja no mundo. Parabéns Dr Desembargador José Jorge Figueiredo. Isso é fruto do seu passado, do que tu já viveste e do bom filho que tu és é sempre foi.

    • Eu não sabia que o ESTADO condecorava cidadãos por ser bom filho, a senhora é absolutamente mal informada e no mínimo confunde o publico com o privado. A senhora precisa estudar Dona Maria.

  5. VERDADE MARCINHO NO MINIMO ESSA TAL DE DONA MARIA É UMA GRANDE PUXA SACO DE GENTE PODEROSA RICA

  6. Parabéns Desembargador Jose Jorge, conheco a sua história de vida. Tudo que vem acontecendo é fruto de muito trabalho foste Delegado e hoje orgulho pra nossa cidade.

  7. meu ovo esquerdo

  8. Meu caro defensor da história de vida alheia, todo cidadão nasce, estuda, trabalha, cuida de sua família e amigos, esse seria ou é o caminho normal a ser seguido, então se nasce tem que viver, se estuda vai, certamente se firmar em alguma profissão e se estudar muito vai ser um grande profissional e se tive uma boa índole vai ser bom pai, bom filho, bom amigo… Mas não existe regra, assim como nem todos que trilham este caminho da forma descrita acima são, foram ou serão agraciados por honrarias ocasionais.

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.