HOMICIDA É CONDENADO A MAIS DE 5 ANOS DE PRISÃO EM SÃO JOÃO BATISTA

| 1 Comentário

Foi realizado nesta quinta-feira (30), em São João Batista, o julgamento de Adelson Madeira, na 1ª sessão ordinária do Tribunal do Júri da Comarca de São João Batista. Adelson Madeira, conhecido por Cabocão, foi denunciado pelo Ministério Público do Maranhão por matar a tiro Sandro Santos Coelho. 


O crime ocorreu no dia 18 de dezembro de 2011, por volta das 10 horas da manhã no povoado Capim-Açú, zona rural do município de São João Batista, de acordo com informações da Polícia Civil divulgadas durante o primeiro Júri Popular realizado por Alexandre Moreira.

                  Promotora de Justiça, Maria do Nascimento Serra
O Ministério Público acompanhou o caso desde a fase de investigações da polícia judiciária, requisitando diligências, ouvindo testemunhas, entre outras providências, até o julgamento. 


Advogado Cícero de Medeiros e Cabocão
A sessão do júri foi presidida pelo juiz desta comarca, Alexandre Moreira Lima, e a representando do Ministério Público, promotora titular de justiça da comarca de São João Batista, Maria do Nascimento Serra e o advogado de defesa do condenado, Cicero Carlos de Medeiros. 



O julgamento durou aproximadamente 8 horas e a sentença foi proferida no período da tarde do mesmo dia. Adelson Madeira foi condenado a 5 anos e 7 meses de prisão em regime semi-aberto. Há informações de que após a sentença, do lado de fora do local onde estava sendo realizado o Júri  Popular, houveram diversas brigas e discussões. Adaptação: SJB em Foco.



EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB

One Comment

  1. que justiça impia

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.