Publicidade

GOVERNO JÁ PREPARA PROJETO DE CONTRATAÇÃO TEMPORÁRIA

| 0 comentários

A Prefeitura Municipal de São João Batista deve enviar no próximo mês projeto de contratação temporária para ser aprovado na Câmara de Vereadores. A informação foi passada ao Blog Folha de SJB, mais ainda não foi confirmada pelo prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro. A expectativa é que até em meados de fevereiro, os vereadores já tenham votado o projeto.
O Parlamento Joanino só volta a se reunir no dia 15 de fevereiro, mas pode haver uma reunião extraordinária assim que o Poder Executivo enviar o projeto, que deve ser aprovado pela maioria absoluta. Em comparação com outras cidades vizinhas, São João Batista está atrasado. 

A prefeitura de São Vicente Ferrer já enviou e os vereadores de lá já aprovaram o projeto autorizando a prefeita Maria Raimunda a contratar servidores por um período de um ano.

Em conversa com o vereador Louro, Líder do Governo na Câmara de Vereadores, ele informou ao Blog Folha de SJB que o projeto deve ser proposto pelo Executivo Municipal e aprovado pelos vereadores. Neste caso, além dos votos dos seis vereadores da Base Governista, Amarildo tem que contar com mais dois votos da Oposição, sendo que para votação deste tipo de matéria, o Executivo tem que ter maioria absoluta.

Há quem diga que o prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro, deve não ter trabalho para aprovar o projeto. Além de contar com o apoio da Base Governista, os vereadores de Oposição podem não se opor a votar o projeto, de acordo com alguns analistas políticos da cidade. Atualmente a Base Oposicionista da Casa é formada pelos vereadores Mecinho, Ivan, Rui Serra, Cristina e Cabeça.
De qualquer modo, o prefeito deve enviar até meados de fevereiro o Projeto de Contratação Temporária de Pessoal para suprir as demandas. Na gestão passada, Surama Soares teve trabalho para conseguir aprovar na Câmara de Vereadores o projeto, isso por que havia um debate ferrenho para se chamar logo os concursados.
Como o prefeito Amarildo Pinheiro deve chamar os concursados ainda este ano, de acordo com o que disse o secretário de comunicação da Prefeitura de São João Batista, jornalista Jersan Araújo, o Executivo pode não ter muito trabalho para conseguir a aprovação do projeto, é o que dizem alguns analistas políticos.

Como o projeto ainda não está na Câmara de Vereadores e nem ainda está pronto para ser enviado, ainda é muito cedo para se fazer qualquer análise de como será a votação da casa. O certo é que Amarildo terá que ter a maioria absoluta na casa para a aprovação da matéria no Poder Legislativo.

EQUIPE DE REDAÇÃO DA AGÊNCIA SJB

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.