Governo emite nota de pesar e diz que a Secretaria de Segurança já está investigando morte de quilombola

| 0 comentários

O corpo do quilombola  Raimundo Silva, passará por uma necropsia no Instituto Médico Legal (IML) ainda nesta semana, para descobrir as causas da morte. As providências para o translado do corpo já foram tomadas. A vítima que morava na comunidade quilombola Charco, foi encontrada morto nas proximidades do rio que corta a região, nesta quarta-feira (12).

Comunidade do Charco, em São Vicente Ferrer

O corpo do quilombola apresentava várias perfurações. Ainda não há informações sobre a motivação do crime e nem dos autores. Em nota, o Governo do Estado se solidarizou com os familiares e informou que já acionou a Secretaria de Segurança Pública para que tome as devidas providências. Confiram…

‘O Governo do Estado do Maranhão, por meio das Secretarias de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) e Extraordinária da Igualdade Racial (Seir), manifesta pesar pela trágica morte do líder quilombola Raimundo Silva, conhecido como Humbico, morador do quilombo Charco, em São Vicente Ferrer.

O corpo foi transladado para a capital para a realização do exame cadavérico. O Governo comunica que tomou todas as providências, através da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), para apurar o crime, tendo como norte o combate ao racismo e o extermínio do povo negro com políticas públicas de direitos humanos, igualdade racial e segurança pública’.

São Luís-MA, em 13 de abril de 2017

Deixe uma resposta

Campos requeridos estão marcados *.